quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

BAHIA - CORONEL BATISTA PEDE LIBERDADE PARA OS LÍDERES DA GREVE DA PM

O tenente-coronel José Carlos Batista Reis, hoje na reserva, escreveu uma carta aberta pedindo aos coronéis da PM, na ativa, que apoiem a campanha pela liberdade dos policiais militares que participaram do movimento grevista. Batista ficou conhecido em Ilhéus no fim de 2010, quando reivindicou o direito de alojar sua família na casa (propriedade do governo estado) que servia aos comandantes do batalhão-escola. A residência oficial era utilizada para veraneio pelo comandante regional, da época, o tenente-coronel Ivo Santos. Diante do fato, Batista protestou, instalando seu gabinete por duas horas em frente à residência reclamada. O ato foi visto como um desrespeito e o então comandante da PM no estado, Nilton Mascarenhas, solicitou ao governador Wagner a exoneração do oficial. O pedido foi atendido e Batista levado à reserva da PM. Ainda assim, ele participou ativamente da greve da categoria, no início do mês, e vem participando da luta contra a prisão dos militares grevistas.



Confira a carta AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário