quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

CARTA ABERTA A SOCIEDADE DO RIO DE JANEIRO

SITE: SOLATELIE

Sociedade Civil Organizada do Estado do Rio de Janeiro, não é com alegria que alertamos possível greve dos Órgãos de Segurança Pública do Estado (PMERJ, CBMERJ, PCERJ) marcada para o dia 10 de fevereiro do presente ano, em razão dos motivos que passaremos a expor:

É de conhecimento público, que durante décadas a Segurança Pública do Estado fora esquecida pelos governadores, tendo seus integrantes vistos seus salários serem defasados ao longo do tempo. Hoje um Soldado da Polícia Militar e do Bombeiro Militar recebe o pior salário da categoria do país, cerca de R$ 1.037,00; ou seja, menos de R$ 35,00 por dia de trabalho.

Cabe destacar que mesmo com dificuldades financeiras, más condições de trabalho, carga horária excessiva, regulamento disciplinar da época da ditadura, os agentes de segurança pública do Estado conseguem mês a mês baixar os índices de criminalidade. 

Desta forma, a nossa mobilização busca nada mais do que DIGNIDADE, que os profissionais da Segurança Pública possam servir e se dedicar integralmente à Sociedade. O que infelizmente não ocorre hoje, pois em razão dos baixos salários os agentes sobrevivem através dos “bicos” para complementarem suas rendas, abrindo mão de suas folgas, tempo este que deveriam dedicar as suas famílias, aos estudos, ao lazer, e, sobretudo ao descanso. 

Em conseqüência, é comum se deparar com estes profissionais nas ruas muitas vezes com o semblante de desgaste, de quem ficou a noite toda na segurança e assumiu o serviço de 24 horas na instituição, ficando às vezes de 36 a 48 horas acordados, sobrecarregados e com certeza incapacitados para o desenvolvimento a contento de suas missões constitucionais. 

No mesmo sentido, esta sobrecarga de trabalho afasta estes profissionais de suas casas, pois estão o tempo todo trabalhando no “bico” ou na instituição, visando prover os meios necessários de subsistência de suas famílias. Esta ausência tem como conseqüência o término de vários casamentos, famílias que são destruídas e problemas de ordem emocional. 

Ao refletir sobre assunto, nos vem a seguinte indagação: - É este Agente de Segurança Pública com problemas familiares, desestruturado em termos psicológicos e ainda desgastado fisicamente que queremos na proteção da Sociedade do Estado do Rio de Janeiro? 

Por outro lado, vemos o Governador do Estado “vendendo” a imagem de que está tudo bem, que vem adotando medidas de valorização da Segurança Pública e que todos os profissionais estão satisfeitos, mesmo ganhando o pior salário do Brasil, sabendo-se que o Estado do Rio de Janeiro é o 2º colocado no ranking do país em arrecadação. 

Face o exposto, todas as instituições da Segurança Pública do Estado se uniram - TRÍPLICE ALIANÇA DAS FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA - formando a chamada “MOBILIZAÇÃO PELA DIGNIDADE”, que busca melhores salários e condições de trabalho. 

Com isto, a Comissão de Mobilização convida a Sociedade Civil Organizada Fluminense para se unir em solidariedade à mobilização marcada para o dia 09 de fevereiro às 18:00 horas na Cinelândia, momento em que, em Assembléia Geral, será deliberada a deflagração ou não da greve, e caso ocorra, de que forma esta será conduzida.

É importante salientar que a mobilização é contrária à greve e que o objetivo é negociar com o Governo e este atender as nossas reivindicações. Porém, se não houver acordo com o Governo, a Sociedade em nada será prejudicada. É importante frisar que o profissional da área de Segurança Pública, antes de mais nada é um cidadão comum, pai, mãe ou filho, membro integrante da Sociedade Fluminense.

Desta forma, visando garantir a paz e a ordem no Estado, cumpriremos à risca o que consagra o Art. 144 da CRFB/1988: “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”. 

Por derradeiro, deixamos um aviso aos meliantes: “Mesmo recebendo essa miséria de salário que é paga hoje pelo Governo do Estado do Rio de janeiro, os índices de criminalidades estão sendo reduzidos; logo, não nos furtaremos em defender a Sociedade Fluminense diuturnamente, mesmo com o sacrifício da própria vida”. 

COMISSÃO DE DIGNIDADE SALARIAL TRÍPLICE FORÇA DE SEGURANÇA PÚBLICA ESTADO DO RIO DE JANEIRO PMERJ, CBMERJ E PCERJ JUNTOS SOMOS FORTES!

11 comentários:

  1. Além de tudo fazem isto.
    E vocês sabem quem é o maior culpado disto? os nossos últimos e o atual governador que a anos descontam em nossos contracheques, o funde de saúde mais não repassam para o hospital, na última reportagem que vi, já passavam de 100 milhões, para vocês verem, além de nos pagar mal, nos roubam.

    ResponderExcluir
  2. sobre os concursados de 2010 , que foram 25 mil aprovados e só chamaram 9 mil e poucos se formaram, como que vai ficar a situação deles?

    ResponderExcluir
  3. concordo com o apelo de vcs,vcs tem sim que lutar por digninade salarial,quanto um jogador de futebol ganha para correr atras de bola???quanto um ator global ganha para interpretar papeis???
    agora quanto um policial militar civil e bombeiro ganha para salvar vidas e por em risco as suas e tambem a de seus familiares,pois o policial e polica todos os dias e mau visado por parentes de bandidos que eles prendem no dia a dia.
    estou com vcs e apoio essa greve sim,dignidade salarial jah!!!

    ResponderExcluir
  4. Concentração de BM´s, PM´s e PC´s de Niterói, SAÍDA DIA 09, ÀS 17H, das barcas Rio Niterói

    Concentração de BM´s, PM´s e PC´s de Niterói, SAÍDA DIA 09, ÀS 17H, das barcas Rio Niterói

    Concentração de BM´s, PM´s e PC´s de Niterói, SAÍDA DIA 09, ÀS 17H, das barcas Rio Niterói

    ResponderExcluir
  5. O pior governo que o Estado do Rio de Janeiro teve é o atual.
    A população apóia completamente a greve da PMERJ.
    Vocês merecem os devidos direitos,enquanto o os políticos estão preocupados em manter leis para aumentarem seus próprios salários.

    ABAIXO A HIPOCRISIA ! VIVA A DEMOCRACIA!

    ResponderExcluir
  6. Aconteceu uma reunião com os policiais do BOPE.E FICOU ACERTADO QUE O BOPE.Só saíra do batalhão se houver alguma prioridade com policial militar.GREVE JÁ!!!

    ResponderExcluir
  7. Aconteceu uma reunião com os policiais do BOPE.E FICOU ACERTADO QUE O BOPE.Só saíra do batalhão se houver alguma prioridade com policial militar.GREVE JÁ!!!

    ResponderExcluir
  8. A Sociedade de bem APOIA a manifestação. Não adianta culpar esses bravos policiais se houver uma pausa de suas funções. Esses homens batalharam por seus direitos de todas as formas, mas em um País como o nosso, só conseguimos que nossa fala seja ouvida mediante o grito, infelizmente. Que tudo transcorra na mais serena paz e esses guerreiros sejam exaltados novamente como merecem.

    ResponderExcluir
  9. o comando da PMERJ determinou prontidão apartir das zero horas do dia 9 para 10.
    atitude facista para frustar o movimento

    ResponderExcluir
  10. Esse texto está muito bom! Precisamos ter a população do nosso lado, por isso temos que ter cautela. O Governo faz o que ele quer, sem respeito a ninguém. Espero que o movimento resulte em um acordo e que tudo seja resolvido o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  11. É CHEGADA A HORA, TODA SOCIEDADE CARIOCA ESTÁ APOIANDO VCS, NOSSOS HERÓIS.. Q DEUS OS ABENÇOE E POSSA FAZER O GOVERNADOR TER CONSCIÊNCIA DO Q REALMENTE ESTÁ POR VIR ...

    ResponderExcluir