terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Crise na segurança: o Mandato tem lado!

Como pode um governo montar uma operação de guerra de tal magnitude, como a que estamos vendo na Bahia, tratando trabalhadores, não só como bandidos, mas como inimigos de guerra, cuja ação justificaria uma demonstração militar de tal porte? 
A posição da presidenta Dilma Rousseff e do Governador Jaques Wagner são uma inequívoca demonstração de fraqueza. É trágico, ridículo e nada cômico. Estão brincando de “War” com a vida de homens e mulheres, chefes de família, que o único crime real é lutar para colocar comida na mesa e pagar suas contas? Alguém em sã consciência acha que esses policiais chegariam onde estão se não fosse o desespero por garantir suas necessidades materiais mais básicas e essenciais? O
Coordenador da Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra-BA), Marco Prisco é do PSDB! Se for verificada a filiação partidária de todos os policiais que estão dentro da Assembleia Legislativa da Bahia, com certeza encontraremos representação dos mais variados partidos. Infelizmente os trabalhadores ainda não adquiriram uma consciência que os fizesse se abster de se filiar aos partidos chefiados por aqueles que são os verdadeiros responsáveis por suas mazelas. Qual é a diferença para a barriga do trabalhador e da dignidade de suas famílias, se dividir entre PSDB,PT,PMDB,PTC ou qualquer outra sigla dessa que só se preocupa em resguardar os interesses de ricos e poderosos? 
Prisco é um lutador, não interessa seu partido, o conheço há quase 10 anos e sempre o vi batalhando por sua categoria e pelos interesses de sua família. Acho uma pena que ele esteja no PSDB, mas isso, neste momento, não é importante. O que interessa é que sua ação de luta hoje, não tem nada a ver com PSDB, mas sim com os interesses de tantos policiais sofridos que vem, há muito, sendo enganados pelo governo Jaques Wagner, que se tivesse respeitado a Lei, dado a Gratificação e cumprido com a anistia votada pelo Congresso Nacional, teria evitado tudo isso. Um governo pedante! 
A sociedade civil deve enxergar neste episódio a urgente necessidade de exigir de seus governos que abandonem os dogmas da ditadura e que, urgentemente, deixe a democracia chegar aos militares: mudança nos arcaícos regimentos, direito de livre organização, direito a constituir sindicatos, direito de filiação, direito de reunião e livre expressão. São reivindicações democráticas, dentro da ordem e que se não forem implementadas poderão significar uma crise real.
O movimento social, as centrais sindicais, os sindicatos e o MST devem se despir de seus rancores por tanto sofrimento já passado com as polícias, e entender que esta é uma oportunidade para se construir uma outra Polícia. Uma que reflita as contradições sociais e beneficie os trabalhadores em suas lutas, e mais do que isso, atenda as necessidades de segurança da sociedade e não apenas sejam exércitos de controle social sobre os setores mais pobres da população, envidando uma cultura de extrema violência. A Bahia não pode ser derrotada. O Movimento Nacional de Luta da Polícia e Bombeiros no Brasil não pode ser derrotado. É preciso resistir, chamar todos à luta. É necessário e urgente uma reunião nacional que articule e unifique esta luta. Os estados que já fizeram greves e fecharam acordos devem fazer passeatas e manifestações de rua. Quem ainda não se articulou deve chamar assembleias para fazê-lo. Os estados, como o Rio de Janeiro, que tem indicativo de greve marcado, devem se preparar para antecipá-las, caso haja qualquer agressão na Bahia. É preciso ter muito cuidado com a organização dessas greves para evitar ao máximo danos à população. Deve-se, antes de tudo, defender a vida e a integridade do povo. É preciso garantir que setores essenciais das Polícias e Bombeiros não sejam paralisados. Policiar contra infiltrados que levam caos à população para responsabilizar o movimento - esses devem ser identificados e presos imediatamente - é preciso que a bandidagem saiba que a greve não é espaço para ataque à integridade do povo. É necessário que dirigentes de cada corporação se debrucem sobre suas realidades organizando uma greve que não permita perda de vidas. Fechar uma ampla e forte solidariedade, neste momento, em torno desses trabalhadores, é tarefa essencial. E, sobretudo, denunciar, com todas as forças dos nossos pulmões, a covardia, a irresponsabilidade, a truculência e o show de Brancaleone protagonizado por Jaques Wagner e autorizado por Dilma. No Rio não é diferente, o governador Sérgio Cabral enviou mensagem de antecipação de parcelas de gratificações da corporação. Uma fuga em não atender as reivindicações do movimento de aumento no piso salarial da categoria. No Rio e na Bahia, meu mandato de Deputada Estadual tem lado, e está a serviço da justa luta dos Policiais Militares, Bombeiros, Policiais Civis e da população!

14 comentários:

  1. RECADOS AOS CABOS E SOLDADOS!!!!!!!
    ENTREM COM A PARTICIPAÇÃO DE QUE NOS ULTIMOS 6 MESES NÃO RECEBERAM FARDAMENTO...É SEM FARDA NÃO PODEM IR PARA A RUA !!!

    ResponderExcluir
  2. Espero que o governo daqui do Rio negocie com a policia e evite que entrem em greve aqui tambem, pois segurança publica aqui no Rio sempre foi um problema, sem policiamento teriamos uma guerra civil. Espero que o bom senso prevaleça tanto da parte do governo do Estado do Rio, quanto dos nossos queridos policiais.

    ResponderExcluir
  3. " O governo do PT está embriagado de arrogância. Não quer o diálogo ,prefere o sangue do povo baiano ".

    ResponderExcluir
  4. "QUE O HOMEM CHEGA A DESANIMAR DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA, A TER VERGONHA DE SER HONESTO." Rui Barbosa
    A eterna justificativa da falta de verbas para os aumentos cai por terra se lembrarmos que o governador Sergio Cabral abriu mão de mais da metade dos recursos do estado com renúncias fiscais no valor de 51 bilhões. É o governo Hobin Hood tira dos pobres e dá aos ricos.

    ResponderExcluir
  5. A proposta do "governador" Sergio Cabral enviada a Alerj é uma piada, e ao mesmo tempo uma afronta aos bombeiros, e policiais.

    Vamos observar atentamente a participação de cada deputado durante a votação e durante a greve, que ao meu ver é inevitável devido a arrogância e desrespeito para com nossas categorias.

    ResponderExcluir
  6. Lembra como J.WAGNER tratou o MST que invadiu prédio público?
    Com CHURRASCO!
    Mas a PM ele trata a bala!

    ResponderExcluir
  7. A mentira faz parte do método petralha. O Jegue Wagner governador da Bahia, no JN disse que foi pego de surpresa com a greve. MENTIRA!!! A greve já estava sendo veiculada deste o dia 24.01.12. Assim mesmo, ele foi com a Dilma para Cuba em 30.01.12 para cumprimentar um assassino. É ou não é um SAFADO !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reunião no QG dia 9 com o Governador
      SERGIO CABRAL: ACABA DE MARCAR REUNIÃO PARA DIA 08 QUARTA FEIRA PROXIMA, NO Q.G DA PMERJ, COM O COMANDANTE DA PMERJ, DRª MARTA ROCHA, E TODOS OS COMANDANTES DE BATALHÃO DO RIO DE JANEIRO, FONTE DE UM OFICIAL SUPERIOR. REUNIÃO MARCADA HOJE, E ENVIADA POR MENSAGEM PARA A P2.

      Excluir
    2. Parabéns deputada, sei que podemos contar sempre com sua ajuda e presença.

      Excluir
  8. Sou Baiana e estou acompanhando a luta da PM. Posso afirmar que a situação é muito pior do que o vem sendo vinculado, pois a mídia vem sendo impedida de mostrar a real situação. Tivemos repórter demitido de emissora por ordem do governador e sem falar no governo federal que está abafando o caso a fim de evitar que se deflagrem greves em outros estados nacionais. Salvador está um verdadeiro MMA, lojas sendo saqueadas, número de homicídios triplicados, roubos de carros, assaltos a coletivos em média 33 por dia, programação cultural toda cancelada, escolas e Universidades sem aulas, comércio nos bairros fechados e alguns homens do exercito apenas em pontos turísticos que diga-se de passagem, estavam abandonados pelas autoridades há tempos. A população está apatica, acuada em prisão domiciliar enquanto o Governador nem um pouco preocupado com a situação e sim em abafar o movimento a fim de que não haja desgaste de sua imagem politica.
    Parabéns a PM da Bahia por esse exemplo de luta pela existência da democracia em lutar pelos seus direitos e aos seus familiares que os apoiam nesse momento!
    Os soteropolitamos clamam pela ajuda do Brasil inteiro porque estamos vivendo uma guerra onde os nossos representantes politicos não tem competência no que se trata da administração pública e o que estamos vendo é a Bahia transformada em um caos!

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigado guerreiros do Rio pela carreata.

    ResponderExcluir
  10. Hoje pela manhã assisti uma entrevista do desgovernador da BAHIA dizendo que voltará a negociar com nossos irmãos de armas!!!Que estamos num estado democraico de direito!!!Acho que alguem soprou isso no ouvido dele e fez se lembrar desse pequeno detalhe.Cabe a nós aqui do RJ agora tomarmos nosso destino em nossas mãos e dia 09 fazermos a diferença.De qualquer forma o governo perde..se reprimir e derramar sangue inocente ele perde...se sentar pra negociar,tambem perde,pois demonstrará a sociedade que primeiro não dialogou e segundo que tem recursos para obtermos a nossa dignidade!!!

    ResponderExcluir
  11. Na minha opinião, essa greve não vai ser boa para a polícia. A populaçao vai ficar assustada, o comércio terá prejuízo, o turismo cairá. Essa greve precisa do apoio da população, como a dos Bombeiros onde TODO O RIO DE JANEIRO apoiou a causa usando fitas vermelhas e acompanharam indignados a prisão dos 439. Se a polícia seguir por este lado, não terá apoio da população, muito pelo contrário. Isso pode dificultar as coisas. Acho correto manifestações... a cidade vai ta lotada, imagina manifestações da população em favor da polícia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A população não vai se preocupar em fazer manisfestação exigindo melhorias para policiais, principalmente na Bahia onde só temos a maioria covardes inclusive a maioria dos policiais militares pois pensem bem alem dos policiais serem covardes são burros digo assim porque, talvez uma linguagem deste tipo eles entendam melhor mas,essa historia de fazer greve de policiais e manter trinta por cento trabalhando é a maior burrice já visto na face da terra pois se eles já sabem que a justiça que so pertence ao governo. Com certeza vai julgar ilegal. Então? São desinteligentes ou não? Ora se os policiais fossem realmente de coragem paravam todos mas não existe união como antes são falsos com o juramento que fazem, pois no juramento diz tratar co afeição os irmãos de arma e ai? Eles estão sendo falsos e frouxos uo não? Quando a corporação resolver se unir e crar coragem e pararem todos e, deixar somente os oficiais trabalhando ai sim a greve podera ser julgado legal pela justiça da bahia que é propriedade de wagner ele manda ou pede e o juiz obedece caso contrario estes poucos de coragem que dar osangue por os seus colegas frouxos com alegação que tera que ficar trinta por cento da tropa trabalhando isso é até vergonhoso pois se ja sabe que o Juiz é apenas para fazer a vontade do wagne e não para julgar as causas justas dos trabalhadores estouy dizendo isso com razão baseado no que vi e ouvi agora na greve dos policiais quem e que vai me provar ao contrario? fica aqui o meu parecer para a maioria dos policiais do brasil quando tomarem a decisão sejam homens e demonstrem que são de coragem e não deixe estes tal de trinta por cento trabalhando já que de qualquer forma voces ja sabe que a justiça so vai julgar ilegal e disso eu tenho certeza desde já.Então oque quer mais que eu diga e o que é que voces devem fazer senão para todos? O qwue está faltando e coragem da maioria dos policiais e mais que tudo falta de união desta jeito voces não vai conseguir o que querem mais uma vez se voces optarem por fazer mil greves assim parando só a minoria tenho certeza que os juizes mandado por governos só vai é poder por muitos na cadeia que é uma verdadeira injuustiça.

      Excluir