quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Policiais civis protestam em frente ao Palácio da Polícia no Rio Grande do Sul

SITE: ÚLTIMO SEGUNDO 


Policiais civis realizam manifestação por melhores salários em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira. Eles entregaram telefones celulares funcionais e viaturas que consideram não estar em condições de trafegabilidade no Palácio da Polícia.
O ato faz parte de um protesto que a categoria chama de "Operação Cumpra-se a Lei". Na última segunda-feira (6), os policiais decidiram parar de realizar funções que não cabem a suas categorias.

Um comentário:

  1. SGT PM Marcus Saldanha8 de fevereiro de 2012 19:27

    Boa tarde, a titulo de orientação devemos usar contra aqueles que a todo custo vão querer nos obrigar a sair normalmente para o PTR e assim manter suas polpudas gratificações sem falar de continuarem a receber de forma ilícita dinheiro do policiamento vendido e outras coisas mais que nós sabemos que ocorre, por isso devemos prestar bem atenção em não cair nas armadilhas que irão montar, aqueles que estivem sem material cuja obrigação é do estado fornecer que comece por assim exigir, devemos observar atentamente sobre a validade dos materiais, para os motorista de VTR, sabemos que o mais fácil e a falta de curso especifico cuja competência é exigência do Código Nacional de Trânsito, vtr de emergência sobe pena de cometimento de crime, conforme informou o anônimo das 17:10, existe até decisão judicial nos estados do Rio Grande do Sul. Se prender UM vai ter que PRENDER TODOS. Meu sogro que é CAP QOA reformado e os de seu tempo que ainda estão vivos irão se apresentar presos ao CMT GERAL caso isso ocorra, assim como deve fazer todos os inativos em solidariedade ao pessoal da ATIVA. É isso todos tem direito de reivindicar dignidade ainda mais quando se paga a profissionais cujo serviço prestado e de irrelevância fundamental para sociedade até com o sacrifício da própria VIDA.

    ResponderExcluir