O Conselho de Disciplina do Corpo de Bombeiros do Rio está reunido desde a manhã desta segunda-feira para decidir se propõe a expulsão do cabo Benevenuto Daciolo. O bombeiro é acusado de crimes militares, como o incitamento à greve da categoria no Rio.
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Defesa Civil, o conselho, formado por um major e dois capitães, redigirá um relatório sobre o processo disciplinar aberto no dia 16 de fevereiro deste ano contra o cabo.
O relatório, que poderá propor a expulsão do cabo, será então encaminhado ao comando do Corpo de Bombeiros, que terá de decidir, no prazo de cinco dias, se segue a orientação do Conselho de Disciplina.