sexta-feira, 2 de março de 2012

Há 32 anos atrás

FONTE: OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA


Governador cercado
No dia 1 de abril de 1980, uma terça-feira, 600 oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros do novo Estado do Rio tomaram o Palácio Guanabara e sitiaram o gabinete do governador, Chagas Freitas. Exigiam que seus soldos fossem equiparados aos dos oficiais das Forças Armadas. Foram mandados à Secretaria de Segurança, de onde centenas voltaram ao Guanabara com ânimo mais inflamado. Chegaram a revistar um carro por suspeitar que Chagas estivesse tentando sair escondido do palácio. O governador acabou recebendo uma comissão. Na quarta-feira, o comandante da PM mandou prender quatro oficiais (um deles, o major Paulo Ramos, seria eleito depois deputado federal –dois mandatos entre 1987 e 1994 –e deputado estadual –está no terceiro mandato desde 1999). Na quinta-feira, centenas de oficiais se aglomeraram em frente ao portão de entrada do Quartel-General da PM, no Centro do Rio. No dia 7 de abril, Chagas Freitas concedeu aumento de vencimentos aos oficiais da PM e do Corpo de Bombeiros.
Reivindicações salariais gozam em princípio de alguma legitimidade básica, embora isso não autorize qualquer modalidade de ação. No caso, é preciso levar em conta que o governador, embora submisso à ditadura militar, pertencia ao partido de oposição, o então MDB. A oficialidade da PM e dos Bombeiros explorou a fragilidade política de Chagas Freitas, que havia tomado posse em março de 1979.

Reivindicações salariais gozam em princípio de alguma legitimidade básica, embora isso não autorize qualquer modalidade de ação. No caso, é preciso levar em conta que o governador, embora submisso à ditadura militar, pertencia ao partido de oposição, o então MDB. A oficialidade da PM e dos Bombeiros explorou a fragilidade política de Chagas Freitas, que havia tomado posse em março de 1979.

LEIA: CORPORAÇÕES MILITARES ESTADUAIS  - Desafio aberto ao poder

Um comentário:

  1. ISTO VEM A PROVAR QUE A TRINTA ANOS ATRAS EXISTIA OFICIAIS MACHOS OU MELHOR HOMENS DE CARATER PORQUE MACHO ATE CACHORRO E QUEM SABE A HITORIA SE REPETE E ELES FIQUEM COM VERGONHA DE UM CABO QUE AINDA POR CIMA DE ORIGEM ITALIANA QUE REVOLUCIONOU O CBMERJ COM SEUS ATOS DE CORAGEM E HOMBRIEDADE E FICARA NA HISTORIA NAO SO DO BOMBEIRO MAS DA PM E DO ESTADO DO RIO APRENDAO MAIORIA DE OFICIAIS CAGAO
    JUNTOS SERIAMOS MAIS FORTES!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir