terça-feira, 20 de março de 2012

PARABÉNS AOS HERÓIS QUE PUSERAM TUDO EM RISCO EM PROL DE MUITOS E QUE FORAM TRAÍDOS POR TANTOS

Silvia G Lima
Uma triste visão dos acontecimentos

Estou acompanhando os acontecimentos e fico muito chateada com o rumo que as coisas tomaram. Parece que estamos vivendo (nossos militares estaduais) em outra época. Estava comparando e vi que, tirando a sentença de morte na fogueira, estamos vivendo uma verdadeira caça as bruxas, ou melhor, voltando ao tempo da temida inquisição, tempo em que não se podia falar nada. Antes do Iluminismo se proliferar pelo mundo vindo a provocar quedas de reinados poderosos como o da França a igreja mandava e desmandava fazendo alianças com a nobreza, hoje comparo a igreja ao governo e a nobreza ao alto comando de nossas forças militares estaduais. Quem se rebela contra a verdade deles é punido severamente e em alguns casos perde o que o militar estadual tem de mais precioso depois de sua família e de sua vida, seu emprego. Arrastam heróis para uma morte lenta, uma morte da pouca dignidade que ainda tinham, a morte pela vergonha de não poder mais sustentar a sua família, a morte pela vergonha por ter sido preso em uma unidade prisional feita para condenados pelos piores crimes contra a sociedade e sem direito nenhum! Será que quem comanda esses heróis consegue dormir a noite? Será que quem colocou homens de bem na “masmorra” e na rua tem alguma espécie de consolo para sua consciência? Algo como: “Estou cumprindo minha obrigação”. Assim como o piloto que jogou a bomba atômica no Japão? Só que lá, eles nem eram da mesma nacionalidade e pior, nem estavam do mesmo lado! Vergonhoso! Chega a ser nojento ver como homens se vendem e sem ideal nenhum apunhalam seus comandados em troca de condição e mordomias, maldita seja a política! Maldito seja o dinheiro que faz com que homens matem homens, pais matem filhos e filhos matem pais. Faz com que a honra, a dignidade e a camaradagem sejam colocadas de lado para dar lugar a ganância, a covardia e a submissão a qualquer poder que pague bem. Se eu fosse militar não chamaria homens como esses de comandantes, muito menos de líderes, a expressão mais apropriada a eles, na minha opinião, seria MERCENÁRIOS.
PARABÉNS AOS HERÓIS QUE PUSERAM TUDO EM RISCO EM PROL DE MUITOS E QUE FORAM TRAÍDOS POR TANTOS. Saibam que aqui em minha casa e em toda a minha família e amigos, se envergarem pelo caminho da política nossos votos são seus e faremos campanha em redes sociais e com certeza, se não conseguiram vencer dentro dessa ditadura que é o militarismo estadual, haverão de vencer de outro jeito!
QUE DEUS ABENÇOE A TODOS OS NOSSOS HERÓIS!!!

.

4 comentários:

  1. nós estamos sendo perseguidos de todas as maneiras, mas não temos medo, aqueles heróis que formaram multidões ainda estão vivos e soltos e dispostos a lutar, por estes que estão sendo humilhado, mas o que surgiremos, é que as nossas esposas e amigos tomem a frente, façam campanha e voltem as ruas, pois no momento exato estaremos todos de volta, a principio , mascarados ou pintados para não sermos reconhecidos, mas esta sugestão é para que o mundo veja que não há liberdade de expressão aqui no rio de janeiro, não é medo, mas campanha contra uma ditadura implantada aqui em nosso estado, uma coisa eu garanto que muitos estarão de novo nas ruas inclusive os que não meteram a cara, juntos somos fortes.

    ResponderExcluir
  2. Espero que o Cabo Daciolo e Cabo Gurgel entrem para a politica... Se conseguirmos com que esses 2 sejam eleitos, teremos verdadeiros PM e BM na Alerj... Pode ser qualquer nome, falei desses 2 pq ficou mais claro o esforço desses 2 em suas respectivas coporaçoes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com vc. A Segurança Pública tem que se conscientizar disto: sem representatividade política é guerra perdida.

      Excluir
  3. Deus é misericirdioso e Grande Reis, e não deixará esses homens valorosos desamparados. O socorro virá de Deus e todos hão de ver, em nome de Jesus Cristo. Amém.

    Sargento do CBMERJ.

    ResponderExcluir