sábado, 31 de março de 2012

PRECISAMOS DENUNCIAR - MAIS COVARDIA

DENÚNCIA RECEBIDA
Venho aqui como anônimo por medo de covardias, denunciar que quando da publicação de expulsão dos PMs foi também publicada no mesmo boletim a punição da  SD Clarisse Inês Pereira que esta gravida de 5 meses com 30 dias de prisão, a covardia se faz contra ela porquê ela que estava de férias postou em um blog  que os recrutas do CFAP estavam trabalhando armados. Ela é lotada  na DGP é secretária do Cel Augusto e vai começar a cumprir a penalidade a partir do 29/03/2012 no 5º BPM, o que nos preocupa  é que ela teve um abordo no ano passado, e ficou internada no HCPM por mais de 20 dias inclusive no isolamento, estamos muito preocupados com o que pode acontecer a ela e ao filho que espera, temos que denunciar  através da Comissão de Direitos Humanos da ALERJ, para ver se isso está dentro da legalidade, pois a gravidez dela é de risco. Peço desculpas por não me identificar porém o Cel  Erir está punindo todos que ele ache que estão fazendo denuncias.

9 comentários:

  1. mais uma ilegalidade... Até quando??? Até quando??????????

    ResponderExcluir
  2. Esse Idiota deve achar que fez um ato humano ao não expulsa-la.
    Sua mãe me disse que prefere que ela seja expulsa. Assim ela luta pra voltar, mas presa ela corre o risco de morte!
    Quanta incompetência Erir!

    ResponderExcluir
  3. O que me conforta é saber que Deus, está vendo tudo isso. Não quero julgar a ninguém, aliás o direito de julgar, pertence a Deus, cabe a nós, nos unirmos em oração, para que Deus atue. Tenham certeza amigos, Deus está no controle de tudo, absolutamente tudo.
    Êxodos 14, 14 Diz : O SENHOR PELEJARÁ POR VÓS E VOS CALAREI.
    Amigos fiquemos esperando no Senhor, ele está de fato no controle de tudo. É necessário nesse momento fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto vc espera a justiça divina, os nossos bravos estão se fud#$%#$, acorda figura!!! Isso não é guerra espiritual!

      Excluir
  4. Onde está o Ministério Publico?????Alguem poderá me responder a essa pergunta???Que providencias foram tomadas pelo comando dessa instituição falida chamada Policia Militar do RJ,contra os que flagrantemente infringiram a lei,ao colocarem recrutas pra trabalhar armados???
    Acho que estamos vivendo mesmo no velho oeste,um estado desumano,sem direito.

    ResponderExcluir
  5. ESTES ANIMAIS NAO TEM MAE NEM MULHERES SAO LARGADOS NA VIDA E DESPEJAM SUAS FRUSTRAÇOES NOS SEUS COMANDADOS PQ SO TEM UM POSTO DENTRO DA PMERJ FORA DELA NADA SAO. MUITAS VEZES NEM FORMAÇAO POSSUEM. ELES PASSARAO E AI VEREMOS SUAS POSTURAS COMO INATIVOS SENHORES.

    ResponderExcluir
  6. EU ACHO QUE JA CHEGA DE TANTAS ARBITRARIEDADES ISSO E UM ABSURDO VOCES POLICIAIS ESTAO MUITO PACIFICOS ACEITANDO TUDO REAJAM PORRA SE UNAM SENAO NUMCA VAI PARAR.

    ResponderExcluir
  7. Prezada Rosange,

    As Nações Unidas possuem um procedimento para a realização de denúncias de violações de direitos humanos. No entanto, é preciso ficar claro que estas denúncias só devem ser feitas quando estiverem esgotados todos os recursos jurídicos no país de origem da denúncia.
    Antes de submeter sua denúncia, o autor deve procurar órgãos como conselhos e comissões de direitos humanos locais, regionais ou nacionais, defensorias públicas, secretarias de promoção dos direitos humanos, corregedorias ou o Ministério Público nos níveis estadual ou federal. Estes órgãos devem ser procurados antes de recorrer a organismos internacionais.
    Neste caso específico, sugerimos contactar o presidente da Comissão de Direitos Humanos da ALERJ (contatos em http://www.marcelofreixo.com.br/portal/index.php), com a corregedoria da PMERJ e com a Comissão de Direitos Humanos da OAB: http://www.oabrj.org.br/contato.html
    No âmbito da ONU, os procedimentos para denunciar violações de direitos humanos estão disponíveis em http://www.unicrio.org.br/como-denunciar
    Att.
    UNIC Rio



    2012/4/1 Rosange
    Rosange

    Por favor gostaria que esta denúncia fosse investigada o mais rápido possível, caso de vida ou morte.
    PRECISAMOS DENUNCIAR - MAIS COVARDIA
    DENÚNCIA RECEBIDA
    Venho aqui como anônimo por medo de covardias, denunciar que quando da publicação de expulsão dos PMs foi também publicada no mesmo boletim a punição da SD Clarisse Inês Pereira que esta gravida de 5 meses com 30 dias de prisão, a covardia se faz contra ela porquê ela que estava de férias postou em um blog que os recrutas do CFAP estavam trabalhando armados. Ela é lotada na DGP é secretária do Cel Augusto e vai começar a cumprir a penalidade a partir do 29/03/2012 no 5º BPM, o que nos preocupa é que ela teve um abordo no ano passado, e ficou internada no HCPM por mais de 20 dias inclusive no isolamento, estamos muito preocupados com o que pode acontecer a ela e ao filho que espera, temos que denunciar através da Comissão de Direitos Humanos da ALERJ, para ver se isso está dentro da legalidade, pois a gravidez dela é de risco. Peço desculpas por não me identificar porém o Cel Erir está punindo todos que ele ache que estão fazendo denuncias.


    --
    Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site ONU Brasil (http://onu.org.br)

    ResponderExcluir
  8. bem feito, que mandou não estudar , tantos concursos públicos com altos salários e ótima vida social , e você escolhe ser policial militar , me poupe né . E não venha disser que é intuição , amor a profissão e bla bla bla bla.

    ResponderExcluir