terça-feira, 13 de março de 2012

SOS BOMBEIROS - POPULAÇÃO PRECISAMOS DE VOCÊS!!!

NOTA OFICIAL
O Comando-geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) informou na tarde desta segunda-feira (12.03) que 13 bombeiros envolvidos no movimento grevista serão excluídos da corporação.
A análise dos relatórios referentes aos Conselhos de Disciplina aos quais os militares foram submetidos foi concluída e, de acordo com nota publicada nesta tarde no Boletim Interno do CBMERJ, eles foram considerados 'culpados por articulação em manifestações de caráter político-partidário, nas quais incitaram ostensivamente a tropa à prática de ilícitos de natureza disciplinar e penal militar, além da adoção de conduta incompatível com a missão de Bombeiro-militar'.
O Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões, concede nesta terça-feira (13/03), às 10h, no Auditório do Quartel Central (Pça da República, 45 – Centro do Rio), entrevista coletiva sobre o tema.

7 comentários:

  1. O que vôces esperavam, 13 homens honestos trabalhadores na rua como bandidos. É isso que o estado quer, médicos mau pagos, professores mau pagos e võces PMS e BMS mau pagos, um estado que não valoriza estas classes merece o serviço que tem.

    ResponderExcluir
  2. VAMOS TBM COLOCAR NOSSO FACEBOOK DE VERMELHO , EU TO DENTRO DIVULGAREI EM MINHA PAGINA ..ABSURDOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!
    É O RIO DE JANEIRO E TODO PAIS VERMELHO!!!!!!!!!!!!!


    FORÇA BOMBEIRADAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  3. Esse estado de coisas só diz respeito ao que esse des-governo da Dilma apóia! Ditadura "democrática"!

    ResponderExcluir
  4. Vamos fazer uma mobilização para que não deixemos por isso mesmo estas covardias. O negócio é ir para as ruas novamente com cartazes, panela, carro de som e divulgar mesmo todas as covardias. A alerj é a casa do povo vamos acampar lá novamente. O problema de terem expulso os 13 foi pq a maioria se acovardou, eu queria ver se todo mundo parasse mesmo se eles iriam expulsar td mundo. Infelizmente muitos estão acomodados e com muito medo do ditador.

    ResponderExcluir
  5. Se tinha algum respeito pelo cel.simões,esse respeito foi pro espaço.Colocar na rua BMs que buscaram melhorias pra nossa classe inclusive pro sr.,mostra que o sr.não é um cmt e sim um COMEDIANTE-geral do cbmerj.Mas a justiça tarda mas não falha e a tua hora vai chegar!aguarde e verás!

    ResponderExcluir
  6. Não sou anônimo!

    LUIZ MANOEL COUTINHO - 1º Ten BM QOA/80


    Venho, através deste comentário, manifestar a minha vontade de ajudar, não só as treze famílias, cujos chefes foram expulsos da Corporação, inclusive por nossas causas, como, também, na elaboração de planos e estratégias para que possamos de fato reagir e nos valorizar. Bem, vamos começar pelas manifestações que os bombeiros e policiais têm feito. Sabe a minha opinião? Está tudo errado! Mas, não estou aqui para criticar, sem apresentar formas mais eficazes de se resolver o problema. Primeiro: não adianta fazer greves, caminhadas, concentrações em frente Alerj, Palácio do Governo, etc.. O nosso Excelentíssimo Governador do Estado até achou boa a idéia da caminhada, pois, faz bem para a saúde. Ele está errado? Claro que não! Portanto, vou dar algumas sugestões para que possamos resolver os problemas, tanto das treze famílias quanto da nossa valorização. Primeiro problema a ser resolvido: ajuda às treze famílias. Eu fiz um cálculo aproximado e, se cada bombeiro contribuir com R$ 3,90 por mês, contando com dez mil bombeiros, entre Praças e Oficiais do Quadro Administrativo e Especialista (não ignorando os Oficiais de outros Quadros, pois, se quiserem contribuir também, penso eu, que serão bem-vindos), poderemos resolver os problemas dessas famílias.PRIMEIRO PASSO: - Fazer um levantamento dos dados das famílias, como por exemplo, número do banco, agência e conta corrente, para que possam receber os respectivos depósitos; - Cada BM depositaria R$0,30 (trinta centavos) na conta de cada um desses treze militares, até que eles ou possam ser reincluídos em nova gestão do governo do nosso estado, ou se o governo atual assim o fizer, ou quando eles se restabelecerem na iniciativa privada, sendo que tudo isso seja monitorado, com a finalidade de avaliar o desempenho desses BM, para que os mesmos não fiquem desempregados durante muito tempo, s.m.j.; - Fazer um levantamento de quantos BM podem colaborar com a importância acima (Eu fiz um cálculo de 10 mil BM. Sendo assim, cada um dos treze heróis receberia por mês a importância de R$ 3 mil). SEGUNDO PASSO: - Temos que eleger um número máximo de representantes na Alerj, na Câmara Federal, no Senado Federal e, quiçá, um Governador do nosso Estado em relação ao número de eleitores que pudermos somar; - Devemos fazer um estudo sobre quantos votos precisaremos para eleger um ou mais representantes. Exemplo: o partido "tal" nos dá a condição de que, com "X" número de votos, poderemos eleger "n" candidatos. Se houver condição de elegermos apenas um candidato, todos deverão votar naquele pré-candidato que receber o maior número de votos durante as eleições internas. Mas, se houverem condições de elegermos quatro candidatos, o número de votos dos BM deverá ser dividido entre os pré-candidatos que receberem maior votação durante a pré-candidatura, para que esses sejam eleitos e nos representem politicamente. Depois deste estudo, realizar eleições internas para aqueles que se inscreverem como pré-candidatos. Este voto para a candidatura não deve ser secreto, para que todos os pré-candidatos possam ter a plena certeza de que não foram enganados. Esse(s) candidato(s) que, com certeza, será(ão) eleito(s), fundamentado no estudo em lide, deverá(ão) ter o(s) seu(s) compromisso(s) diretamente voltado(s) para os militares da nossa Corporação, não se esquecendo, contudo, do(s) seu(s) compromisso(s) com a população fluminense. Se nós pudermos contar com 12 mil votos, multiplicando-os por 10 (familiares, amigos e simpatizantes), serão 120 mil votos. Existem alguns partidos que conseguem eleger seus candidatos com um número bem inferior a este. Penso que deste jeito, poderemos conseguir alguma coisa positiva, sem greves e manifestações, que só deram ibope para a mídia e prejudicaram a carreira de treze heróis. Vamos agir com inteligência e eficiência.

    ResponderExcluir