sábado, 28 de abril de 2012

COM BICO DE POLICIAIS E BOMBEIROS VIGILANTE TEME PERDER EMPREGO

O decreto do governador Sérgio Cabral, publicado em DO no início do mês, autorizando o bico de policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários, causa polêmica entre os vigilantes de empresas privadas. Acategoria teme que a liberação para que servidores da área de segurança pú-blica façam horas extras em eventos esportivos, como Copa, Olimpíadas, Paraolimpía-das e Rio+20, entre outros, tire postos de trabalho da classe. A estimativa é que 8 mil vi-
gilantes fiquem sem emprego.
A Federação dos Vigilantes do Rio fez um pedido formal à Comissão de Segurança Pública da assembleia Legislativa do Rio, presidida pelo deputado Zaqueu Teixeira (PT), que aprovou a realização de audiência pública sobre o tema
O diretor da federação Sérgio Luiz Silva acrescenta que para o tipo de contratação autorizada pelo governo não incidirá nenhum valor para efeito de aposentadoria, INSS,
139 salário. "Como não haverá obrigação trabalhista. O decreto rasga e fere direitos trabalhistas, além de tirar a oportunidades de empregos para cerca de 8 mil vigilantes", ressalta o diretor.
Já o vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes Rio, An-tonio Carlos de Oliveira, lembra que tanto a Fifa quanto o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) assinaram compromisso estabelecendo que os vigilantes farão segurança interna da Copa e Olimpíadas.

2 comentários:

  1. Os vigilantes poderiam pedir melhores salários para os Policiais ( o policial não faz bico porque gosta), mas ao invés disso o presidente do sindicato dos vigilantes fala sobre um "compromisso" entre o sindicato, COB e FIFA...

    "Primeiro levaram os negros, Mas não me importei com isso, Eu não era negro. Em seguida levaram alguns operários, Mas não me importei com isso, Eu também não era operário. Depois prenderam os miseráveis, Mas não me importei com isso, porque eu não sou miserável. Agora estão me levando. Mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém, ninguém se importa comigo."

    ResponderExcluir
  2. Não se preocupem vigilantes com a escrava é escrava mesmo não escala,de 24x48,não há condições de muitos fazerem hora extra.

    ResponderExcluir