terça-feira, 3 de abril de 2012

Comandante do 12º BPM em xeque

SITE: O SÃO GONÇALO
A onda de crimes que tomou conta de Niterói nos últimos dias, com o assassinato de um médico, em Icaraí, e um estudante baleado na porta de um prédio no Ingá, ambos durante assaltos, está colocando em xeque a atuação do comandante do 12º BPM (Niterói), coronel Wolney Dias.

Em entrevista à radio CBN, o comandante tentou minimizar os últimos acontecimentos na cidade. “Niterói não tem um histórico desses tipos de crime. A sensação de insegurança só existe por causa da divulgação desses fatos pela mídia. Trabalhamos com inteligência e disponilizamos nosso efetivo em função das manchas criminais”, disse o comandante

OUÇA   AQUI    AS DECLARAÇÕES DO COMANDANTE  DO 12ª BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário