sábado, 28 de abril de 2012

PARANÁ - Governador diz que Policiais Militares com curso superior são insubordinados

FONTE: GAZETA DO POVO

O jornalista e sociólogo Marcos Rolim qualificou o posicionamento do governador:
“Governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) quer policiais sem estudo para garantir ‘disciplina’. Leva o troféu ‘anta do ano’. A propósito, ele disse o que alguns pensam e não têm coragem de dizer – Uma anta sincera, em síntese.”
Difícil não concordar.

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) disse em entrevista à rádio CBN, nesta quinta-feira, que acha positivo que os policiais militares do estado não tenham diploma de curso superior.
A polêmica entre o governo e as associações que representam os policiais militares, que queriam que o governo passasse a exigir diploma dos que entram na corporação.
Segundo Richa, é bom que os policiais não tenham diploma, porque gente formada normalmente é muito insubordinada.
"Outra questão é de insubordinação também, uma pessoa com curso superior muitas vezes não aceita cumprir ordens de um oficial ou um superior, uma patente maior", afirmou o governador.
A declaração do governador é um desestímulo à educação e à cultura dentro da corporação. Nitidamente, o que Richa defende, em sua declaração, é que a PM dê preferência a pessoas que não estudem.
Além de tudo, mostra uma miopia em relação à realidade do mundo. Como se pessoas sem estudo superior não pudessem ser contestadoras ou insubordinadas (pela versão de Richa, as greves comandadas por Lula no ABC nunca existiram).
A função do Estado é estimular o estudo, e não o contrário. Mais do que isso: o governador não deveria desejar uma corporação de gente que simplesmente atende ordens cegamente, como ele parece querer. E, sim, fomentar um ambiente em que as pessoas sejam capazes de autonomia.
Richa poderia, sem nenhum problema, defender que não é preciso diploma para ser policial. Mas com outros argumentos.

6 comentários:

  1. Sargento BM diz:

    Isso prova que esse Comandante traz consigo aquele "ranço do militarismo", aquela ideologia obsoleta, de que os subordinados devem apenas obedecer às ordens; é conforme ensina um velho lema do militarismo: "NÃO PONDERA". "Não pondera" significa "não questione ou não raciocine". Esses Comandantes obsoletos têm pesadelo com subordinados instruídos; pois esses Comandantes sabem que tais subordinados podem denunciá-los por abuso de poder, constrangimento ilegal, uso da máquina pública... enfim, arbitrariedades comuns no meio militar!
    Esse episódio lastimável deve servir para estimular os praças a estudarem cada vez mais... ocncluírem Mestrado, Doutorado, PhD...

    ResponderExcluir
  2. Os autoritários sabem, quanto mais ignorante é um povo,mais fácil é domoiná-los. Está provado porque o Brasil investe tão pouco em Educação.É para dominar o povo como acontece hoje em dia, obrigando a todos votarem, quando deveria ser opcional, não mudar as leis para que possamos retirar este monte de mulambos corruptos que não dão chance para os pobres alcançarem o poder e diversas outras irregularidades que os políticos fazem.Eles tem cartas brancas para fazer o que estão fazendo neste país que a maioria passa fome enquanto somos roubados por eles,ningúem vai preso nem perde o que roubou dos nossos bolsos.

    ResponderExcluir
  3. Nelson de Azevedo Neto29 de abril de 2012 00:04

    Hehehe... Deveras meu "caro" govrnador... Afinal é muito mais fácil manter sob cabresto os pobres ignorantes... No entanto é notório que estupidez independe de grau cultural...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nelson de Azevedo Neto29 de abril de 2012 00:14

      EM TEMPO:
      Talvez o que falte avançar, não só na doutrina militar, mas também na filosofia das mentes que tendem ao autoritarismo, é que:
      - CONFIANÇA E RESPEITO, NÃO SE IMPÕE... SE CONQUISTA!

      ... Hierarquia e disciplina; SIM!... Obediência cega e subserviência; NÃO!

      Excluir
  4. Qual será o grau de instrução desse idiota, deve ser o mobral!!!

    ResponderExcluir
  5. É, o governador tem razão. É muito mais fácil se controlar antas e burros onde basta apenas colocar rédeas para se ter o controle da tropa. É bem mais fácil impor coisas à um analfabeto do que a um militar esclarecido.

    ResponderExcluir