terça-feira, 3 de abril de 2012

Polícia apura vazamento de relatório sobre Rocinha

SITE: FALARIO

Depois da divulgação de um relatório da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Civil afirmando que traficantes da Rocinha estariam pagando propinas a policiais militares, a Secretaria de Segurança determinou que a chefe de Polícia Civil, delegada Martha Rocha, abra um inquérito para apurar o vazamento de informações da instituição. Segundo publicou a revista “Veja” no fim de semana, PMs estariam deixando de reprimir a venda de drogas em troca de dinheiro.
A notícia causou mal-estar entre as duas corporações. Não é de hoje que a PM e a Polícia Civil vêm tendo problemas de relacionamento. Desde novembro, quando a PM prendeu o traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, as duas instituições não se entendem.
A Divisão de Homicídios (DH) informou ter concluído os inquéritos que investigavam as oito mortes ocorridas na Rocinha desde a sua ocupação, em 13 de novembro. Em relação ao último caso, ocorrido no domingo, os agentes praticamente descartam a hipótese de Alexandre da Cunha Fernandes, o Dante, ter sido mais uma vítima da guerra do tráfico. O autor do disparo já foi identificado e terá sua prisão pedida. A DH também identificou como Thiago Martins Cafieiro e um homem conhecido como Vasquinho os assassinos do líder comunitário Vanderlan Barros de Oliveira, o Feijão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário