quarta-feira, 4 de abril de 2012

Rocinha terá até sexta-feira 700 policiais militares, o mesmo efetivo do batalhão do Leblon

FONTE: O GLOBO

Os oito assassinatos registrados na Rocinha desde a sua ocupação, em novembro passado, fizeram com que a Polícia Militar colocasse em prática um plano B: implementar o policiamento a pé na comunidade, principalmente em becos e vielas, em vez de ficar apenas nos principais acessos ao morro. A novidade foi anunciada ontem pelo coordenador de Policiamento da Rocinha, major Edson Raimundo dos Santos, que pretende dividir a região em 12 pontos ou sub-bairros para tentar impedir a disputa territorial entre duas facções criminosas.
A partir de sexta-feira, o oficial vai comandar 700 homens — do Batalhão de Choque e recrutas do Comando de Polícia Pacificadora, praticamente o mesmo efetivo do 23º BPM (Leblon).

Nenhum comentário:

Postar um comentário