quinta-feira, 31 de maio de 2012

Dupla que seria executada é libertada pela Polícia Militar

JORNAL EXTRA
Policiais militares do 40º BPM (Campo Grande) libertaram dois jovens que eram mantidos reféns por dois bandidos, na noite desta quinta-feira, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Os PMs faziam um patrulhamento quando foram acionados para ir até a Rua 53, em Santa Margarida, localidade dominada por uma milícia. Lá, eles viram um Peugeot branco onde havia dois homens encapuzados. Eles conseguiram fugir do cerco, deixando o carro para trás.
No porta-malas do veículo foram encontrados os dois rapazes, de 18 e 22 anos. Um deles estava algemado e tinha ferimentos na cabeça. As vítimas contaram aos policiais que seriam executadas, mas não disseram o porquê nem quem seriam os executores. No Peugeot havia também um speed loader - dispositivo usado em revólveres calibre 38 para recarregar de uma vez a arma.
O carro - que não consta como roubado - e os rapazes foram levados para a 35ª DP (Campo Grande).

Um comentário:

  1. Zaqueu faz Indicação Legislativa para corrigir decreto que promove PMs e bombeiros
    O deputado Zaqueu Teixeira fez uma nova Indicação Legislativa para corrigir o decreto que diminui o tempo de serviço necessário para promoção de policiais militares e bombeiros. Confira abaixo o texto:

    "Os Policiais Militares e Bombeiros Militares de qualquer graduação, com exceção dos Subtenentes, promovidos em decorrência do quadro de acesso e por término do curso de formação, que forem ultrapassados por mais moderno, em suas graduações, pelo critério de tempo de serviço, serão promovidos em ressarcimento de preterição, a contar da mesma data dos promovidos pelo tempo de serviço, ficando excedentes sem ocupar vagas, não sendo necessário o cumprimento do tempo mínimo na graduação e serviço arregimentado para a promoção prevista neste artigo."

    Zaqueu esclarece, ainda, que em reunião com o coronel Sérgio Simões, secretário da Defesa Civil, foi informado que para os militares que foram promovidos por conclusão de curso de formação, há necessidade da inclusão destes no decreto.

    - Estamos trabalhando para a edição do decreto pelo governador Sérgio Cabral. Seguimos na luta para melhorar a qualidade de trabalhos dos policiais e bombeiros - afirma o deputado.

    ResponderExcluir