segunda-feira, 16 de julho de 2012

De madrugada, suspeitos atiraram nos PMs. De manhã, lançaram granada.

Duas guarnições com policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Fazendinha, no Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foram atacadas por criminosos em dois horários diferentes desta segunda-feira (16): de madrugada e no fim da manhã.

De acordo com a assessoria de imprensa da própria UPP, os suspeitos atacaram os PMs, que faziam patrulhamento de rotina na comunidade, e em seguida fugiram.
No começo da madrugada, por volta de 1h, cinco soldados, em um carro-patrulha, desconfiaram de suspeitos em uma moto na Rua Nossa Senhora da Glória, na Fazendinha, e foram averiguar. Os criminosos, então, atiraram contra os PMs e fugiram, deixando para trás uma mochila com 39 papelotes de cocaína e munição de vários calibres. Ninguém ficou ferido.
No fim da manhã, por volta de 11h30, um novo ataque contra um carro da PM. Novamente, cinco policiais faziam patrulhamento de rotina na localidade de Jardim Primavera, também na Fazendinha. Desta vez, segundo a assessoria de imprensa da UPP, os criminosos lançaram uma granada de fabricação caseira contra a guarnição, que explodiu próximo ao veículo. Os policiais conseguiram se abrigar e ninguém ficou ferido. E, mais uma vez, os suspeitos fugiram, deixando para trás quatro granadas caseiras, além de 78 papelotes de cocaína, 8 papelotes de maconha e material para embalagem de drogas.
Segundo a assessoria de imprensa da UPP da Fazendinha, no começo desta tarde, o policiamento foi intensificado na Fazendinha, e uma guarnição faz buscas por suspeitos na localidade de Jardim Primavera.
UPP da Fazendinha não foi atacada
Mais cedo, o RJTV havia informado que dois suspeitos atacaram a UPP da Fazendinha, lançando uma granada contra a unidade. O capitão Salgado, responsável pela UPP, negou a informação, e a assessoria de imprensa da UPP da Fazendinha reafirmou que apenas uma guarnição, com cinco soldados PMs, foi atacada por suspeitos que lançaram uma granada, como citado anteriormente.
No dia 9 de julho, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Pedra do Sapo, também no Conjunto de Favelas do Alemão, trocaram tiros com criminosos. Na ocasião, os criminosos também conseguiram fugir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário