sexta-feira, 20 de julho de 2012

Juiz vai interrogar oficial que facilitou entrada de cerveja no Batalhão Prisional da PM

Acusado de autorizar a entrada de 2628 latas de cervejas no Batalhão Especial Prisional da PM (BEP), o tenente George de Matos Guimarães será interrogado, às 14h30, na próxima segunda-feira, pelo juiz Marcius da Costa Ferreira, na Auditoria da Justiça Militar. O oficial responde por crime de prevaricação, por ter liberado a entrada da bebida, em outubro de 2011. As cervejas estavam dentro de um Fiat Fiorino, e deveriam ser entregues ao cabo Fábio de Matos Silva, que se encontrava preso na unidade, acusado de crime de sequestro. Alegando que bebida foi comprada de forma lícita, em um supermercado, o cabo chegou a entrar na Justiça, pedindo a devolução das cervejas apreendidas. No pedido, ele alegou que a bebida deveria abastecer um bar, de propriedade de sua mulher, localizado em Angra dos Reis. A Justiça Militar negou o pedido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário