sexta-feira, 20 de julho de 2012

Policiais do grupo dos 'inhos' são condenados por lavagem de dinheiro

A Justiça Federal condenou três ex-inspetores da Polícia Civil e dez parentes deles por lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Um dos condenados é o ex-policial Jorge Luis Fernandes, conhecido como Jorginho, que junto com os inspetores Fábio Menezes de Leão, o Fabinho, e Hélio Machado da Conceição, o Helinho, integrava o grupo dos "inhos".
Condenação aconteceu seis anos depois da Polícia Federal deflagrar a Operação Gladiador, que resultou na prisão de contraventores e um grupo de policiais acusados de receber dinheiro para não reprimir a máfia dos caça-níqueis.
O grupo teria como chefe o ex-delegado e ex-deputado estadual Álvaro Lins, que na época que ocorreu a Operação Gladiador, era chefe da Polícia Civil.
Jorginho foi o único do grupo dos "inhos" a ser absolvido em um julgamento ocorrido em 2010. O ex-policial foi condenado a cinco anos, quatro meses e 24 dias de reclusão em regime semiaberto, além de multa e perda do cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário