terça-feira, 31 de julho de 2012

Policial do Bope baleado na Avenida Brasil pode ficar tetraplégico

Policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) Ricardo Cardoso Batista baleado por volta das 6h40 desta sexta-feira (28), na Avenida Brasil, na altura da Penha, corre o risco de ficar tetraplégico. Ele foi atingido por um tiro no peito durante tentiva de assalto.
De acordo com o delegado Reginaldo Guilherme, da 22ª DP (Penha), o PM estava em uma moto com a esposa indo em direção ao Centro quando dois bandidos em uma moto abordaram o casal. Ricardo encostou e o bandido que estava no carona da moto mandou que ele entregasse o telefone celular.
O PM, que estava de folga, foi alvejado no peito quando entregava o celular ao criminoso, que ainda levou a arma do policial. A mulher dele, que estava na garupa, sofreu ferimentos leves por conta da queda da moto. Os bandidos fugiram.
A vítima foi levada para o Hospital Getúlio Vargas e encaminhada para o hospital da PM, no Estácio. A mulher do militar prestou depoimento na 22ª DP (Penha), que investiga o caso.

Um comentário:

  1. PODE ENCOMENDAR O CAIXÃO BANDIDAGEM!!!!!!!
    O COURO VAI COMER,O CEROL VAI FICAR FININHOOOO!!!!

    ResponderExcluir