terça-feira, 17 de julho de 2012

Traficantes abrem fogo e interrompem enterro de policial no cemitério do Caju

Traficantes da favela Parque Alegria, no Caju, zona portuária do Rio, abriram fogo contra um grupo de policiais que acompanhava o enterro do policial civil Antônio Gama da Silva, de 49 anos, no cemitério do Caju, na manhã desta terça-feira (17).

Segundo os agentes, muitos tiros foram disparados e a cerimônia foi interrompida por alguns minutos. Apesar do clima de pânico, ninguém ficou ferido.

Um helicóptero da Polícia Civil, que participava das homenagens ao inspetor morto sobrevoou a favela como forma de desestabilizar os criminosos.

O policial acabou morto após tentar impedir um assalto na porta de uma creche no Grajaú, zona norte do Rio.

Um comentário:

  1. E O CABRAL DIZ QUE O RIO DE JANEIRO ESTÁ PACIFICADO, VOCÊS ACREDITAM ?

    ResponderExcluir