quarta-feira, 25 de julho de 2012

Tráfico ‘perde’ cerca de R$ 100 mil em drogas no Complexo da Reta Velha em Itaboraí

O FLUMINENSE

Uma operação sigilosa onde nenhum um tiro foi realizada na tarde de quarta-feira no Complexo da Reta Velha, em Itaboraí, região do município considerado pela polícia como principal ponto de distribuição de drogas, teve como saldo final apreensão de pelo menos sete quilos de pasta básica de cocaína pura, mais de 1000 sacolés do tipo de entorpecente, 150 pedras de crack em estado bruto e aproximadamente 800 trouxinhas de maconha.
A droga estava escondida em uma casa e era vigiada por um menor de 17 anos, que acabou apreendido por agentes do Serviço Reservado (P-2) do 35° BPM (Itaboraí), à frente da operação.
De acordo com o major Otto Manato, atualmente respondendo pelo comando do batalhão, traficantes do Comando Vermelho que dominam na região o tráfico sofreu prejuízo estimado em mais de R$ 100 mil.
O major considera ser essa, até agora, a maior apreensão do ano realizada pelo Batalhão da PM de Itaboraí. Agentes do Serviço Reservado já sabem que o trafico de drogas em grande parte de Itaboraí é comandada por um homem que atende pelo apelido de ‘Gordinho’.  Ele, segundo agentes, receberia apoio logístico de comparsas dos morros e favelas do Grande Rio.

Drogas vendidas em Itaboraí chegariam pela Baía de Guanabara- Investigações descobriram que parte das drogas que chegam ao município na maioria das vezes acontece durante a madrugada na Baía de Guanabara e são trazidas em pequenos caiaques. Os traficantes, muitos deles nascidos e criados na comunidade de Itaboraí, sabem o momento certo para agirem. “Eles aproveitam as noites nubladas e sem lua para entrar e sair da comunidade sem serem incomodados”, comentou um antigo policial do batalhão.
O major Manato afirmou que novas incursões policiais serão realizadas nas favelas da Reta Velha e Nova e em outros locais ocupados por traficantes. “Não vamos esmorecer. Sabemos o caminho que temos de seguir”, comentou o oficial. O menor de idade e todo material apreendido foi apresentado na Central de Flagrantes da 71ª DP (Itaboraí).

Nenhum comentário:

Postar um comentário