domingo, 19 de agosto de 2012

Crimes de estupro e roubo de veículos têm alta em Niterói

O Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), divulgou na última sexta-feira os dados oficiais sobre as incidências criminais ocorridas no estado do Rio de Janeiro, referentes ao mês de julho de 2012.
Em Niterói, dois crimes se destacaram: estupro e roubo a veículos. O primeiro apresentou alta de aproximadamente 375%. Já o outro crime 38%, comparando os resultados deste ano com o mesmo período de 2011.
Nos registros de estupro, conforme as informações computadas a partir das delegacias que compreendem a área do 12° BPM (Niterói), apenas a 81ª DP (Itaipu) não apresenta casos deste tipo de crime hediondo desde 2011. Nas demais delegacias houve elevação.
A incidência de homicídios na cidade permaneceu estável, porém na área da 78ª DP (Fonseca), Zona Norte da cidade, houve aumento, saindo de um registro em 2011, para seis ocorrências em 2012. Ainda na jurisdição da mesma delegacia, outros crimes apresentaram elevação, foi o caso de roubos a comércio e veículos.
Outros delitos tiveram queda em seus registros, foram eles: roubo a coletivos, que apresentou baixa de 60%; furto a veículos, com 50%; roubos a transeuntes com 27% e roubos a estabelecimentos comerciais, 10%.
Na Zona Sul e Centro, por sua vez, roubos a coletivos apresentaram as maiores quedas, com 95% na área da delegacia de Icaraí (77ª DP) e 94% no Centro (76ª DP). Já no caso de furto a veículos, além das duas citadas acima, outra apresentou baixa neste delito. Com 62%, a 76ª DP (Centro) foi a primeira, seguida da 78ª DP (Fonseca) com 61% e da 77ª DP (Icaraí), com 47%.
Ainda no Centro, também houve destaque nos casos de roubo a pedestres com queda de registros. Em 2011, foram notificados 96 casos, enquanto neste ano, 58. O roubo a estabelecimentos comerciais registrou queda, passando de nove casos para seis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário