domingo, 23 de setembro de 2012

Justiça liberta acusados de invadir hotel na zona sul do Rio

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro libertou sete acusados de invadir o hotel Intercontinental, em São Conrado, na zona sul. O crime ocorreu no dia 21 de agosto de 2010, quando 35 hóspedes e funcionários foram mantidos reféns por homens armados. O pedido de liberdade foi concedido pela 7ª Câmara Criminal, no dia 13 de março, mas só divulgado recentemente. O motivo seria demora da acusação em apresentar provas e testemunhas contra os presos. Os acusados respondem pelos crimes de sequestro e cárcere privado, associação para o tráfico e porte ilegal de armas. 

Os beneficiados com a medida foram: Alan Francisco da Silva, Vinícius Gomes da Silva, Victor Gomes Eloi, Washington de Jesus Andrade Paz, Davi Gomes de Oliveira, Jackson Nascimento Gomes da Silva e Técio Matias da Silva. Segundo as investigações, eles fariam parte da quadrilha de Antônio Bonfim Lopes, conhecido como Nem, que chefiava o tráfico de drogas da favela da Rocinha, vizinha ao hotel.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário