domingo, 16 de setembro de 2012

Morre PM baleado em tiroteio com traficantes de morro da Coroa

O sargento do BPChq (Batalhão de Choque) Paulo César de Lima Junior morreu depois de ser submetido a uma cirurgia na virilha no Hospital Central da Polícia Militar, informou a assessoria de imprensa da corporação neste domingo (16). O PM foi baleado durante um tiroteio com traficantes da morro da Coroa, no Catumbi, na região central do Rio, na tarde de sábado (15).
Outros dois policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Coroa também ficaram feridos no confronto. Eles também foram levados para o hospital da PM no Estácio, região central. De acordo com a coordenação das UPPs, eles tiveram ferimentos leves e passam bem.O sargento, que reforçava a segurança na comunidade, era casado e deixa um filho.
Os PMs faziam patrulhamento de rotina na favela quando foram surpreendidos por um grupo de suspeitos armados em uma das vielas perto da sede da UPP. Os criminosos atiraram, dando início a troca de tiros. Os traficantes fugiram a pé.

A segurança foi reforçada no local, que, além do BChq, recebeu o apoio de PMs de UPPs vizinhas. Os principais acessos do morro da Coroa foram fechados para facilitar a busca pelos suspeitos.

6 comentários:

  1. LUTO...
    Mais um irmão nos deixa...
    E depois ainda vem esse pessoal "dos direitos humanos" reclamar do modo como vagabundo é tratado.
    Onde estão agora todos eles????
    Tiro, Porrada e bomba nesses vagabundos...
    LUTO...

    ResponderExcluir
  2. Os ataques e as mortes ocorrem em áreas de upp porque o Sr Sérgio cabral está preocupado em reeleger o prefeito e por isso acelera as implantações de upps que sofrem com a escassez de efetivo e de estruturas...os policiais são mal formados, ninguém quer saber se eles hoje estão em regime de meio expediente e que isso será o suficiente quando o governo precisar de mais uma upp...ninguém merece isso...ninguém critica nada na imprensa...cadê as denúncias sobre a má formação dos policiais...imprensa toda comprada...ninguém critica o Sr. Sérgio Cabral...

    ResponderExcluir
  3. Enquanto isso,nós(familiares de policiais) sofremos com medo de perdermos nossos policiais.Mais respeito aos nossos soldados,cabos,sargentos que patrulham nossa cidade.Descanse em paz, GUERREIRO!!

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde companheiros de lutas mas uma vez estamos de luto por causas destas UPP de fantasias os marginais continuam dando suas ordens dentro das comunidades pacificadas e que foram presos tambem companheiros temos que nos unir e nas proximas eleições tirarmos cabral,pesão etc pq vamos sempre ver nossos companheiros e trabalhadores honestos sendo mortos por traficantes e assaltantes,salario para educação,saude e segurança não tem mas para campanha eleitoral tem isso e um crme contra o estado em geral vamos pedir a Deus qu nas proximas o povo vote bem um abraço companheiros!!!

    ResponderExcluir
  5. Ao meu amigo que nos deixa saudades....LUTO.
    Amigo siga em paz e descance nos braços do senhor.
    TE ADORO.

    ResponderExcluir
  6. companheiros no meu tempo que estava na ativa até 1981 cada policial militar bombeiro ou civil que morria assassinado era caçados vivos ou mortos 24 horas por dia depois de 82 até hoje que me encontro reformado vejo policial sendo metralhados dentro de viaturas,DPO etc e fica por isso mesmo eu me lembro que quando eu estava sevindo no QG nos anos 96 os traficantes ja faziam brits nos onibus para pegar policial um cabo na epoca foi falar com o chefe do estado maior que na linha que ele viajava os traficantes faziam este tipo de ação o cel teve a coragem de responder para ele deixar carteira de policia e arma em casa e andar com carteira profissional o cabo ficou uma arara respondeu se eu morrer pode colacar bandeira no meu caixão mas eu não afroxo para vagabundos pq sou policia cel por isso que eu gosta dos militares no poder para vcs verem que isso não é de agora são comandos froxo !!!

    ResponderExcluir