As informações iniciais dão conta de que um suspeito teria morrido após ser baleado em confronto com policiais do 9º BPM (Rocha Miranda). Além disso, dois suspeitos teriam ficado feridos.
De acordo com a Polícia Militar, outro grupo de traficantes, do Morro do Chapadão, também foi para o local para apoiar os criminosos que atuam no Jorge Turco. O tiroteio é intenso e causa apreensão nos moradores da região.
A ação seria comandada por Saulo Cristiano Oliveira Dias, o Saulo do Chapadão, segundo homem na hierarquia do tráfico do Chapadão.