sábado, 13 de outubro de 2012

Polícia prende um dos chefes do tráfico na Rocinha


Policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha, favela da zona sul do Rio de Janeiro, prenderam neste sábado dois suspeitos de serem traficantes na comunidade. De acordo com a assessoria de imprensa da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, um dos homens era Rodrigo Belo Ferreira, 30, conhecido como Rodrigão.
-De acordo com a polícia, Rodrigão passou a comandar a venda de drogas na parte baixa da favela, após prisão de Antônio Francisco Bomfim Lopes, o Nem, em novembro do ano passado, que chefiava o tráfico na região.
Com Rodrigão, foi apreendida uma pistola calibre nove milímetros e um carregador. O suspeito, que tem mandados de prisão por tráfico de drogas, foi encontrados após denúncia de moradores locais.
Junto com ele, os policiais também prenderam outro suspeito de tráfico de drogas, identificado como Rafael dos Santos Martins de Souza, 23. Os suspeitos foram levados para a 14ª DP (Ipanema).

2 comentários:

  1. Está na hora do Governo do Estado valorizar a PM

    Os Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro não recebem um salário digno. A defasagem salarial se tornou o principal problema da PMERJ.

    I N D I G N I D A D E

    Salário do Soldado PM - R$ 1.554,00 (Líquido).

    Salário MÍNIMO Necessário, de acordo com o artigo 7º, inciso IV, da Carta Magna de 1988 - R$ 2.616,41 (dois mil, seiscentos e dezesseis reais e quarenta e um centavos). Segundo o DIEESE, este é o valor que se gasta para pagar as necessidades vitais básicas. O piso salarial deve ser reajustado periodicamente, de modo a preservar o poder aquisitivo dos Militares Estaduais.

    O PM tem que correr atrás dos R$ 1.062,41 que faltam para pagar o básico...

    UM ESTADO QUE PRETENDE SEDIAR MEGAEVENTOS ESPORTIVOS COMO COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS NÃO PODE PAGAR MENOS DO QUE O MÍNIMO NECESSÁRIO AOS SERVIDORES PÚBLICOS. PAGAR UM SALÁRIO DIGNO É FUNDAMENTAL!

    ResponderExcluir
  2. O Governo do Estado do Rio de Janeiro tem desvalorizado muito a Polícia Militar! O dinheiro público deveria ser utilizado para investir nos servidores públicos essenciais, como Bombeiros e Policiais Militares. Um Estado que tem a segunda maior arrecadação de impostos do país poderia, ou melhor, deveria pagar muito bem! Está na hora dos profissionais de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro serem reconhecidos.

    ResponderExcluir