domingo, 28 de outubro de 2012

VOLTA REDONDA - POLICIAIS DO CHOQUE SEM ALIMENTAÇÃO

Cerca de 100 agentes estão dando apoio na segurança para as eleições

O comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar, o tenente-coronel Igor Magalhães, informou que os policiais da Tropa de Choque chegaram por volta das 7h30 de hoje (28) ao batalhão, e receberam de imediato a alimentação fria, como previsto.
Segundo ele, os policiais ainda estariam cientes do almoço combinado para ser servido no próprio batalhão.
Mais cedo, policiais do Batalhão de Choque do Rio, que estão em Volta Redonda, reclamaram com a reportagem do Diário do Vale, que estariam sem alimentação desde as 5h.
De acordo com alguns deles, que estavam nas proximidades do Colégio Getúlio Vargas, eles já teriam comunicado o ocorrido, mas não obtiveram qualquer resposta.

7 comentários:

  1. POLICIAIS DO CHOQUE NÃO TÊM DIREITO DE RECLAMAR!

    ResponderExcluir
  2. não tem direito de reclamar pq seu idiota ? porque ganhamos 1000 de gratificação ? fique vc sabendo que cada centavo que a policia nos paga ela pede o dobro em esforço e trabalho, nada é de graça... falsa escala 24X72, sendo acionado para tudo que acontece no Estado do Rio e mesmo depois de serviços de 24 horas na integra dentro de favelas, somos obrigados a ficar ate 11 ou meio dia fazendo educação física ou assistindo palestras ridículas que qualquer um se recusaria a assistir se não existisse militarismo.
    Então seu idiota, antes de falar besteira, procure saber o que acontece no dia a dia de um policial do BPCHOQUE.
    ta dado o recado ...

    ResponderExcluir
  3. Policiais do choque como toda a pmerj têm direitos sim, como obrigações , se a greve fosse bem feita como uma operação padrão daria certo, mais pelo regulamento eles nós ferram , quando usarmos a inteligência e deixarmos de sermos alienados seremos respeitados, quando deixarmos a mão de macaco seremos tratatos com respeito pelos que pensam que somos massa de manobra !!!

    ResponderExcluir
  4. é lamentável dois policiais discutindo é por essa e outras que a pmerj está dividida.

    ResponderExcluir
  5. Sou de resende e fiquei sem almoço também, acordei as 4 da manhã e fiquei ate as 18:00 só com ração. Deu ate dor de cabeça.

    ResponderExcluir
  6. Parece mentira, mais a realidade da PMERJ é o amadorismo dos comandantes em admnistrar, os oficiais são despreparados para organizar quaisquer eventos, temos eleição, carnaval, reveilon todo o ano ou quase todo no caso da eleições e toda vez acontece a mesma coisa, total falta de informação, desrespeito com os policiais, escalas absurdas, deslocamentos sem nenhuma estratégia, falo por mim fui escalado em três lugares ao mesmo tempo no 7º BPM, a alimentação é totalmente precária, não há supervisão que se preocupe com a saúde do policial, é só ordens ridiculas. Falta muito para a PMERJ ficar ruim, pois do jeito que está não tem como piorar.

    ResponderExcluir
  7. Vergonha exigem tanto do profissionalismo do pm, pagam uma salário de amador, e ainda , massacram o ser humano com escalas indignas , com comandantes corruptos, com tralhas fardados comandando, arrumando dinheiro sujo encima de tudo e ainda querem dizer que os pms que estão nas ruas são sujos, quando os mais sujos são os dos gabinetes que só ficam maculando como arrumar mais dinheiro sujo para seus bolsos e seus próximos, enquanto isso a tropa é massacrada até a hora que a tropa se rebelar de novo , e começar a não fazer nada na rua e o crime prosperar e a imprensa cair de pau no governo ae eu quero ver, PM NÃO É CACHORRO SENHORES , QUEM AVISA AMIGO É SE VOCÊS QUEREM NÓS ESCULACHAR , VAMOS USAR AGORA GÍRIA DE BANDIDOS , VOCÊS QUE FAZEM AS ESCALAS E NÓS VENDEM QUEM É SABE QUE SÓ ESTRELADO FAZ ISSO,, CUIDADO POIS A HORA DA VINGANÇA ESTÁ SE APROXIMANDO !!! QUEM COM FERRO FERE COM FERRO SERÁ FERIDO..

    ResponderExcluir