sábado, 24 de novembro de 2012

CASO DO GOLEIRO BRUNO - Macarrão é condenado a 15 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio


Luiz Henrique Romão, o Macarrão, e Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, foram condenados na noite desta sexta-feira (23) no caso da morte e desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do jogador, em junho de 2010.
Macarrão foi condenado a 15 anos de prisão pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado e absolvido pela ocultação de cadáver.
"(O homicídio) foi um crime torpe, com asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima", disse a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues ao ler a sentença
Já Fernanda, foi condenada a cinco anos de prisão por cárcere privado de Eliza e de Bruninho, filho dela e do goleiro Bruno. Como a condenação foi menor do que seis anos, ela cumprirá pena em regime semiaberto.
A decisão dos sete jurados --seis mulheres e um homem-- saiu após cinco dias de julgamento, que foi marcado por tumultos, troca de advogados e desmembramento de processos.
A expectativa agora é para saber como a decisão de hoje vai influenciar o julgamento de Bruno, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, e Dayanne de Souza, ex-mulher do jogador, que foi adiado para 4 de março.

Um comentário: