domingo, 11 de novembro de 2012

Dois militares do Exército são detidos com carro roubado no Jardim América

Policiais do Batalhão de Olaria (16º BPM) detiveram quatro homens, entre eles dois militares do Exército, com um carro roubado, no Jardim América, na zona norte do Rio, na manhã deste domingo (11). Segundo os PMs, um dos militares é filho de um policial civil.
Os policiais receberam informações de que um grupo de criminosos praticava assaltos na área de patrulhamento do 16º BPM. Durante um patrulhamento, os PMs se depararam com o Fiat Uno preto, onde estavam os suspeitos. Após verificação, os policiais constataram que o carro é roubado.
Dentro do carro, foram encontrados muitos objetos que teriam sido roubados, como bolsas femininas, dinheiro, joias, telefones. A polícia acredita que o grupo praticou vários roubos na região.
Um quinto suspeito de integrar o grupo deu entrada baleado no hospital Balbino, em Olaria. Ele teria sido baleado durante uma suposta tentativa de roubo. O caso foi registrado na Delegacia da Penha (22ª DP).
Uma vítima esteve na delegacia, reconheceu o carro e encontrou seus documentos dentro do veículo. Ela, no entanto, disse não ser capaz de reconhecer os criminosos porque eles usavam capuz.

10 comentários:

  1. A POLÍCIA MILITAR ESTÁ FAZENDO A SUA PARTE, FALTA O GOVERNO DO ESTADO FAZER A SUA, QUE É PAGAR DIGNAMENTE OS PROFISSIONAIS DA CORPORAÇÃO.

    Senhores, um prêmio que nós sonhamos é um dia recebermos um SALÁRIO DIGNO (com todos os policiais militares ganhando acima de R$ 5.000,00), para não precisarmos mais trabalhar nas horas vagas! O GOVERNO FLUMINENSE PRECISA VALORIZAR O MATERIAL HUMANO DA PMERJ. O QUE ADIANTA COMPRAR OS MELHORES EQUIPAMENTOS E DAR PARA UMA TROPA DESMOTIVADA? O PENSAMENTO DO POLICIAL MILITAR ESTARÁ VOLTADO PARA A SITUAÇÃO FINANCEIRA DE SEUS FAMILIARES! Não tem como o policial militar cansado, por causa do "bico", trabalhar bem, pois ele é um ser humano!

    ResponderExcluir
  2. Dada a natureza da atividade policial militar, faz-se necessário o investimento nos profissionais que a desempenham, de modo que as necessidades vitais básicas destes sejam devidamente atendidas.

    ResponderExcluir
  3. FIM DA PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO

    A promoção de praças por tempo de serviço deveria acabar, pois é uma banalização da promoção, desrespeita o princípio da meritocracia e nivela a tropa por baixo. A "doação de divisas" não pode substituir a falta de reajustes salariais. Esta "palhaçada" só existe no Rio de Janeiro! A PMERJ e o CBMERJ precisam valorizar quem estudou. Em qualquer corporação, para se tornar CB e SGT, o militar tem que ser aprovado em concurso interno! Só no Rio as divisas caem do céu. Eu gostaria de ver uma notícia assim: "Jurunas com os dias contados na Polícia Militar"! Nada contra os "Jurunas", é apenas uma visão institucional. O QUE PRECISAMOS É SALÁRIO DECENTE!

    A promoção "automática" das praças (por tempo de serviço) só serve para incentivar os Soldados a não se preocuparem em estudar, se aperfeiçoar e, assim, se manterem incompetentes em um debate com algum meliante de colarinho que tenham de prender. A PMERJ não pode compactuar com a preguiça, com o desinteresse pela cultura, pelo aperfeiçoamento. Premiar a ignorância e o comodismo pode lhe ser interessante politicamente, mas não é interessante para a Corporação, pois ela só perde com isto. Perde em qualidade, perde em credibilidade, perde em respeito. A Polícia Militar é maior que o interesse de alguns militares que, nos momentos de folga, preferiram trocar os bancos escolares pela cerveja, pelo buteco, pelo churrasco, pelo "esquema", certos de que a desídia e o descompromisso consigo mesmo, com seu futuro, seria premiado em algum momento, por leis oportunistas, independentemente das suas qualidades e habilidades. Antigamente, não havia esta premiação pela preguiça, só quem se qualificasse poderia se habilitar a ser um graduado. Hoje, "as divisas caem do céu"! Muito me preocupa como serão os Sargentos de amanhã. Muitos Cabos e Sargentos continuam com o mesmo comportamento anterior, de Soldado. Promover todos os Soldados à graduação de Cabo não os qualifica, não os dignifica, não os torna mais dignos, mais compromissados com o serviço ou mais preocupados com os rumos da corporação. O nome da nossa briosa Polícia Militar não pode ser jogado no lixo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMPANHEIRO:

      SOU PRIMEIRO SGT DO CBMERJ, E TAMBÉM FIZ TODOS OS CURSOS REGULARES. CONCORDO PLENAMENTE COM TUDO QUE VOCÊ DISSE, PRINCIPALMENTE NO TOCANTE A SALÁRIO, AONDE ESSE MÉTODO ILUSÓRIO DE CONCESSÃO DE DIVISAS, ACHATA CADA VEZ MAIS NOSSO SALÁRIO, OU SEJA: QUANTO MAIS PROMOÇÕES, MAIS DISTANTE DE SE TER UMA REMUNERAÇÃO DIGNA DAS FUNÇÕES QUE CADA GRADUADO EXERCE, POIS O QUE VEMOS HOJE EM DIA SÃO SUB TENENTES COM SALÁRIOS IGUAIS AOS DOS SOLDADOS DO ESTADO DE SERGIPE POR EXEMPLO E POR MAIS BOA INTENÇÕES QUE O PRÓXIMO GOVERNADOR QUE ASSUMIR O GOVERNO DO ESTADO TENHA CONOSCO EM RELAÇÃO A SALÁRIO, FATALMENTE SE ASSUSTARÁ AO VER A FOLHA DE PESSOAL E VER TANTOS GRADUADOS, E ISSO COMPROMETERÁ ATÉ SUAS MELHORES INTENÇÕES E POR FALAR EM PRÓXIMO GOVERNO: (NÃO VEJO A HORA DESSE MALDITO GOVERNADOR IR EMBORA).

      ASS: SGT BM 439 (COM MUITO ORGULHO)

      Excluir
    2. CONCESSÃO DE DIVISAS = HIERARQUIA ACHATADA E SALÁRIOS DEFASADOS

      Gostei do seu comentário! O pessoal tem dificuldade para entender que as promoções não melhoram os salários, que trata-se apenas de uma estratégia do Governo para deixar os inativos de fora. É justo uma pessoa que dedicou 30 anos de sua vida à PMERJ ou ao CBMERJ ter o seu salário cada vez mais defasado? Não podemos pensar somente em quem está na ativa, é muito egoísmo dos jurunas! Eles não entendem que eu não estou contra eles, e sim à favor dos inativos.

      Excluir
    3. O mesmo SGT de curso preconceituoso faz três comentários quase idênticos. Será que ele acha que ninguém percebe??? Vira oficial para ser superior de verdade.

      Excluir
  4. Ao analisarmos o artigo 7º, inciso IV, da Carta Magna de 1988, percebemos que os Bombeiros e Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro NÃO recebem um salário digno. O Salário Mínimo Necessário, referente ao mês de Outubro de 2012, foi estimado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, em conformidade com o supracitado dispositivo constitucional, no valor de R$ 2.617,33 (dois mil, seiscentos e dezessete reais e trinta e três centavos) por mês. O objetivo do referido piso, divulgado no dia 5 de novembro de 2012, é o atendimento das necessidades vitais básicas (moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene e transporte).

    Em vez dos órgãos de segurança pública discutirem o projeto de legalização do trabalho paralelo de policiais militares (jornada que deixa o profissional estressado), deveriam discutir o pagamento de salários dignos aos referidos agentes da lei. Colocar Policiais Militares para fazer "bico" joga na lata do lixo o nome da gloriosa Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e do excelentíssimo senhor governador Sérgio Cabral Filho, a quem cabe contratar e prover o sustento dos Policiais Militares no exercício da profissão. Dada a natureza da atividade policial militar, faz-se necessário o investimento nos profissionais que a desempenham, de modo que as necessidades vitais básicas destes sejam devidamente atendidas.

    É PRECISO OFERECER QUALIDADE DE VIDA AOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA. O GOVERNO FLUMINENSE, APESAR DE TER A 2ª MAIOR ARRECADAÇÃO, ESTÁ PAGANDO O MENOR SALÁRIO DO BRASIL AOS MILITARES ESTADUAIS. UM ESTADO QUE PRETENDE SEDIAR MEGAEVENTOS ESPORTIVOS COMO COPA DO MUNDO (2014) E OLIMPÍADAS (2016) NÃO PODE PAGAR MENOS DO QUE O SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO AOS SERVIDORES PÚBLICOS ESSENCIAIS. O SOLDADO DA PMERJ GANHA A METADE DO QUE DEVERIA RECEBER POR MÊS, MENOS DE R$ 1.500,00 (MIL E QUINHENTOS REAIS), PARA ARRISCAR A VIDA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CHATOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

      Excluir
  5. companheiros nossos salários esta corruido pelas inflação agora fiquei sabendo que vão vender o HCPM e o Hospital dos Bombeiros ele esta acabando com tudo e não fala num salário decente para todos os funcionarios do estado esse desgovernador tem que ir rápido e nunca mas voltar a cargo politico nenhum gostaria de saber para onde vai o dinheiro com as venda do patrimonio do estado tem um deputado do PSDB de Paulo que quer uma CPI da Delta e que saber se todas as obras tinham licitação pública vamos aguardar companheiros !!!

    ResponderExcluir
  6. boa tarde vamos nos reunir com os deputados da ALERJ para ver se eles falam com a bancada federal do Rio para que os mesmos pedem a mesa para colocar a pec300 em votação pq o custo de vida esta aumentando todo os dias e o nosso salário defasado a anos pq não acompanha os indices inflacionario do brasil e ainda temos desigualdade de salario dentro da corporação como bope choque upp que ganha bonos especial vamos lutar por melhores salario em 2014 daremos a nossa resposta amigos companheiros !!

    ResponderExcluir