terça-feira, 27 de novembro de 2012

Fundos de Saúde da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

O  Ministério  Público RJ instaura Ação Civil Pública contra o Estado do Rio de Janeiro lastreado nos documentos obtidos no curso de investigação promovida  no  Inquérito Civil nº 7013, originado a partir da representação do  deputado  estadual Paulo Ramos ( PDT) onde o parlamentar denuncia que o Estado  do RJ não repassa recursos públicos obrigatórios ao Fundos de Saúde da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.
Esses  recursos  são  originários  de  descontos  nos vencimentos dos militares  da  PM  e  CB, ativos, inativos e pensionistas para os Fundos de Saúde da PMERJ e CBMERJ e se destinam a prestação do serviço de assistência médica  e  hospitalar  aos  policiais militares e bombeiros militares, seus dependentes e pensionistas.

Um comentário:

  1. Há Militares Estaduais que não pagam Fundo de Saúde

    Alguns Bombeiros e Policiais Militares do Rio de Janeiro ingressaram no Judiciário e não só cancelaram o desconto, como também tiveram o ressarcimento dos últimos 60 meses pagos (5 anos), um bom dinheiro!

    ResponderExcluir