sábado, 17 de novembro de 2012

Jovem sequestrada em Copacabana é libertada

 A jovem Camila Cukierman, de 21 anos, sequestrada na madrugada desta sexta-feira, foi resgatada e chegou à Delegacia Antissequestro (DAS) por volta das 13h desta sexta. Agentes não deram mais informações sobre onde ocorreu o resgate, mas a jovem chegou na sede da especializada vestida com um colete à prova de balas.
Por volta da 1h da madrugada desta sexta-feira, Camila Cukierman foi sequestrada no bairro Peixoto, em Copacabana, na Zona Sul. 
De acordo com a Polícia Militar, ela foi surpreendida por homens num veículo Corsa quando chegava em casa, em um Nissan, na Rua Maestro Francisco Braga. 
Os bandidos teriam entrado no carro da vítima e fugido com a estudante. PMs do 19ºBPM (Copacabana) informaram que os bandidos entraram em contato com a família e pediram R$ 50 mil de resgate. O caso foi registrado na 12ª DP (Copacabana) e repassado para Delegacia Antissequestro (DAS).

8 comentários:

  1. A GM-RIO PAGA MELHOR DO QUE A PMERJ?

    Os profissionais da Guarda Municipal ganham R$ 2.488,00, recebem auxílio-transporte de R$ 121,00 e tíquete-alimentação no valor de R$ 360,00. Incluindo todas as vantagens, os vencimentos são de R$ 2.969,00, muito acima do que receberá um Soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em Março de 2013 (pagamento referente a Fevereiro de 2013), após os 26% de reajuste salarial concedidos aos policiais militares. O SD PM estará ganhando apenas R$ 2.450,00, incluindo todas as vantagens (auxílio-transporte, POEPP etc)!

    ResponderExcluir
  2. Excelentíssimo Senhor José Mariano Benincá Beltrame, Secretário de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, dada a natureza da atividade policial militar, faz-se necessário o investimento nos profissionais que a desempenham, de modo que as necessidades vitais básicas destes sejam devidamente atendidas, conforme determina o artigo 7º, inciso IV, da Carta Magna. Para que as referidas despesas, elencadas neste dispositivo constitucional, sejam pagas sem a necessidade do "bico", seria preciso elevar o piso salarial da categoria (Militares Estaduais) para pelo menos R$ 2.617,33 (dois mil, seiscentos e dezessete reais e trinta e três centavos) por mês, valor que em 2013 subirá com a inflação. Portanto, seria mais seguro pagar um salário acima de R$ 3.000,00. Os Bombeiros e os Policiais Militares têm obrigação de dar assistência às suas famílias, mas o Governo do Estado deve oferecer as condições (os meios)!

    ResponderExcluir
  3. AS PROMOÇÕES POR TEMPO DE SERVIÇO DEVERIAM ACABAR, pois desrespeitam o princípio da meritocracia. Em qualquer corporação, para se tornar CB e SGT, o militar tem que ser aprovado em concurso interno! Só no Rio de Janeiro as divisas são distribuídas "automaticamente" para todos, independentemente das suas qualidades e habilidades.

    ESSE MÉTODO ILUSÓRIO DE CONCESSÃO DE DIVISAS ACHATA CADA VEZ MAIS O NOSSO SALÁRIO, OU SEJA, QUANTO MAIS PROMOÇÕES, MAIS DISTANTES DE TER UMA REMUNERAÇÃO DIGNA DAS FUNÇÕES QUE CADA GRADUADO EXERCE NÓS ESTAREMOS, POIS O QUE VEMOS HOJE EM DIA SÃO SUBTENENTES COM SALÁRIOS IGUAIS AOS DOS SOLDADOS DO ESTADO DE SERGIPE!

    O pessoal tem dificuldade para entender que as promoções não melhoram os salários, que trata-se apenas de uma estratégia do Governo para deixar os inativos de fora. É justo uma pessoa que dedicou 30 anos de sua vida à PMERJ ou ao CBMERJ ter o seu salário cada vez mais defasado? Não podemos pensar somente em quem está na ativa, seria muito egoísmo! A promoção de praças por tempo de serviço não pode substituir a falta de reajustes salariais. É uma promoção infundada e, no mínimo, incoerente, para não dizer ridícula! Parece-me uma "forçação de barra" das mais ilógicas que já vi.

    A PROMOÇÃO "AUTOMÁTICA" NÃO PODE SER VISTA COMO FORMA DE MELHORIA SALARIAL! A PROMOÇÃO DEVE SER O MEIO DE PREMIAR OS POLICIAIS MILITARES QUE SE DESTACARAM.

    Esta promoção "automática" traduz-se em mais uma depreciação institucional. Os vencimentos recebidos já são infucifientes e indignos, agora, querem também achincalhar as graduações? Gerar sargentos que não cursaram o CFS? Gerar cabos que não cursaram o CFC? Divisas não são ganhas, são conquistadas. A concessão da referida promoção é uma "brincadeira de mau gosto" com a Corporação, é um desprestígio para o bom policial que cumpriu as etapas previstas e fez por merecer sua promoção através de concurso interno.

    ResponderExcluir
  4. Nas Forças Armadas, ou em qualquer outra Polícia Militar, jamais um graduado mais moderno seria promovido antes do mais antigo (sem ao menos ter realizado um concurso interno)! O Decreto nº 43.411 de 10 de janeiro de 2012, que antecipa as promoções, esculhambou de vez com a carreira militar estadual no Rio de Janeiro, pois nivela a tropa por baixo! A progressão funcional por tempo de serviço de certa forma tira o mérito dos que conquistaram suas divisas por merecimento e incha a folha de pagamento do Estado, impedindo a concessão de futuros reajustes salariais. O que adianta ser um subtenente com salário de soldado? O juruna parece que não pensa! Vai levar o triângulo para o supermercado na hora de fazer as compras? Acorda! Seria melhor ser um soldado ganhando o que o pessoal de Brasília ganha! Confira o salário do SD PMDF e veja se não é maior do que o do SUBTEN PMERJ.

    ResponderExcluir
  5. O perfil ideal do Policial Militar

    O Policial Militar tem o poder-dever concedido pelo Estado para restringir direitos individuais que atentem contra os direitos coletivos. Portanto, o conhecimento da lei é importante para que sua atuação não seja pautada pela ilegalidade. O PM ideal é aquele que sabe aplicar a lei, dispõe de inteligência emocional para agir em situações adversas, possui perícia no manuseio dos armamentos, está sempre pronto para agir.

    Embora a profissão seja imprescindível para manter a paz e a ordem, o que se percebe é que a sociedade brasileira pouco investe na Polícia Militar, atribuindo-lhe um fardo além das suas possibilidades, sendo implacável quanto aos erros. A profissão é desvalorizada, quando deveria ser admirada por ter o dever de proteger a todos.

    O policial militar brasileiro ideal nasce à medida que o processo de seleção seja mais rigoroso, o curso de formação mais qualificado e o aperfeiçoamento constante, à medida que se investe em melhores salários para atrair bons profissionais e se investe na saúde mental da corporação, dessa forma teremos servidores públicos satisfeitos e preparados para oferecer a segurança que a sociedade tanto almeja.

    A promoção de praças por tempo de serviço onera a folha salarial do Estado, impedindo o oferecimento de reajustes à categoria. E o PM, como operador do Direito, não pode ficar acomodado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo anencéfalo faz os três comentários acima e ele acha que ninguém percebe. É brincadeira.

      Excluir
    2. Problema de anencefalia quem possui é o juruna!

      Excluir
    3. Ao Anônimo17 de novembro de 2012 23:20 acho que seu problema é falta de pica.

      Excluir