sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Policial militar furta viatura em batalhão no Centro do Rio

Um carro de polícia furtado por um policial motivou uma perseguição no Centro do Rio, nesta quinta-feira. A ação mobilizou pelo menos outros dez veículos do 5º Batalhão da Polícia Militar (Praça Harmonia), local de onde a viatura foi retirada.

Segundo policiais da unidade, por volta das 23h30m um militar lotado no quartel entrou à paisana e saiu com uma das viaturas. Um cerco foi fechado em frente à Central do Brasil, mas o PM escapou, atropelando um militar, que machucou os pés e uma das mãos.
O carro só foi recuperado no Caju. O comandante do batalhão não quis comentar o caso.

3 comentários:

  1. TÁ ENTRANDO UM MONTE DE BANDIDO PRA PM. A VELOCIDADE ESTÁ MUITO ALTA. VAI DAR M...

    ResponderExcluir
  2. Concordo contigo. O Governo do Estado está facilitando demais o ingresso na PMERJ, pois o único objetivo agora é a QUANTIDADE de Policiais Militares! As provas estão muito fáceis, qualquer um entra, não há a preocupação com a QUALIDADE do futuro PM. É o tipo de coisa que qualquer leigo percebe, não adianta o secretário de segurança falar que está investindo na qualificação da tropa se é público e notório que a única preocupação é no sentido de AUMENTAR O EFETIVO. Mais Policiais nas ruas não significa mais segurança!

    ResponderExcluir
  3. QUALIDADE NA SEGURANÇA PÚBLICA E NA DEFESA CIVIL

    Militares da Polícia e dos Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro devem receber melhores salários, e não promoções por tempo de serviço, pois estas deixam os inativos de fora (pessoas que dedicaram 30 anos de suas vidas à corporação). É preciso separar o joio do trigo, e a única forma de fazer isto é realizando concursos internos, observando o princípio da meritocracia. Até porque não adianta nada ser um Subtenente com salário de um Soldado!

    ResponderExcluir