quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Agente penitenciário morto por policial federal depois de batida no trânsito foi enterrado hoje


Foi  enterrado, às 15h desta quarta-feira, no Cemitério Corte Oito, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o corpo do agente penitenciário Victor Hugo Alves Frias, de 27 anos. O rapaz foi morto, na tarde desta terça, pelo policial federal Luiz Eduardo Silva Rodrigues, de 46 anos. O Fiat Brava de Victor bateu na traseira do Honda Fit de Luiz Eduardo. Houve bate-boca e o agente penitenciário, segundo testemunhas, teria apontado uma arma de brinquedo para o policial, que atirou. A bala entrou na axila de Victor e atravessou seu coração.

11 comentários:

  1. Infelizmente, ele foi mais uma vítima de Homicídio doloso qualificado!

    ResponderExcluir
  2. Está mais que na cara que a arma de brinquedo foi plantada no local. O PF primeiro informou que tinha sido tentativa de assalto, e quando soube que a vitima era Agente Penitenciário, o mesmo mudou sua versão!!!
    Considero os Agentes Penitenciários mais policia do que os próprios PF que nunca trocaram tiros como os PM's e muito menos aturam o lixo da sociedade como os Agentes Penitenciários!!!

    ResponderExcluir
  3. Esse Luiz Eduardo foi covarde do inicio ao fim. Compareceu com monte de comparsas de farda na delegacia pra prestar depoimento, tentando intimidar o delegado. Safado, vagabundo, matou um rapaz bom, com apenas 27 anos e uma filha recém nascida. Espero que a justiça seja feita, e que esse canalha pague pelo crime que cometeu.

    ResponderExcluir
  4. A VÍTIMA ERA AGENTE DO DESIPE E SEGUNDO O PAI DO MESMO, EM VIRTUDE DO VETO PELA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF DO PROJETO DE LEI QUE GARANTIA O PORTE DE ARMA AOS AGENTES PENITENCIÁRIOS FORA DO HORÁRIO DE SERVIÇO, O MESMO ATENDENDO A NOVA DETERMINAÇÃO, PAROU DE ANDAR ARMADO. E AGORA JOSÉ???

    ResponderExcluir
  5. Victor, era gente bonissima, tive o prazer de trabalhar ao lado dele por alguns meses. Tive o prazer de estar com esse amigo querido até um dia antes de sua morte. Victor nunca fez mal a ninguém, saiu do trabalho para encontrar um cliente e no meio do caminho cruza com esse infeliz ANJO DA MORTE, que acha que tem direito de tirar uma vida. E o pior ainda se fez de vítima. Victor meu amigo querido DEUS sabe o coração que tens, e quanto a sua honra aqui, podes deixar que nós seus amigos verdadeiros, daremos um jeito de limpar. Descance em paz.

    ResponderExcluir
  6. Arma de briquedo? Esse PF só pode estar brincando, achando que alguém vai acreditar nisso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente o juiz e o promotor acreditam. Só se fosse um PM que tivesse matado, aí o mesmo já estaria preso e sendo chamado de despreparado. É triste, mas é a realidade.

      Excluir
  7. que vergonha judiciario cadeia nesse impostor de bosta desse policia de merda SEM CARATER ACHA QUE ALGUEM VAI ACREDITAR NESTA MENTIRADA LIXO DA SOCIEDADE

    ResponderExcluir
  8. O FEDERAL AINDA ESTÁ SOLTO, DURMAM COM UMA DESSAS!

    ResponderExcluir



































  9. Qual a necessidade teria um agente agente penitenciário teria de andar com uma réplica de arma de fogo.

    ResponderExcluir
  10. Que país nós vivemos? Já se passaram 3 anos e é o policial federal continua solto!
    SERÁ JUSTO?

    ResponderExcluir