terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Delegado faz críticas às mulheres no Twitter e é exonerado do cargo

Ao analisar em seu perfil no Twitter a falta de vocação de muitos policiais, o delegado da 9ª DP (Catete), Pedro Paulo Pontes Pinho, acabou se prejudicando. Mensagens se referindo às mulheres que atuam na unidade sob seu comando desagradaram a delegada Martha Rocha, chefe da Polícia Civil, e a levaram a destituí-lo da função. Em seu lugar assume a delegada Monique Vidal, que até então era titular da 12ª DP (Copacabana).
As mensagens postadas por Pinho vieram à tona após reportagem publicada no site da “Veja”. Em nota, a Polícia Civil informou que Martha Rocha considerou que o delegado “tem dificuldades em gerir os recursos humanos que lhes são disponíveis”. A delegada também determinou que a Corregedoria Interna de Polícia Civil (Coinpol) examine os posts do delegado em seu Twitter durante seu horário de trabalho.
Uma das mensagens postadas no perfil “Polícia e Poesia — @Delegado_Pinho” que geraram polêmica foi “tenho 14 mulheres no meu efetivo, mas apenas uma, uma apenas, reúne talento, coragem e disposição pra encarar a atividade policial”. Em seguida, o delegado diz “e essa uma, entre 14, jovem ainda, não tem nenhum homem que a supere. A mulher quando é boa no que faz ninguém supera, mas o contrário...”.
Em uma das mensagens, ele se refereà investigadora Ana Maria Abdo Roale: “Uma delas, inclusive, faltou ao serviço hoje e enviou um ‘atestado’, porém está por aí, na internet...”. O policial também faz críticas ao processo de seleção dos servidores: “o modelo de ‘concurso público’ baseado na capacidade intelectual está longe de ser o ideal” para preencher as vagas no serviço público.
Depois de saber da exoneração, o delegado Pinho demonstrou sua indignação em mais mensagens no Twitter: “27 anos de profissão, servindo à sociedade com honradez, e sou ‘derrubado’ p/ uma policial que falta ao serviço p/ ficar ‘gazeteando’ no TT”. Muitas pessoas manifestaram apoio ao delegado na rede social.
— Eu estava criticando a vocação de policiais, independentemente de sexo. Critiquei inclusive a estabilidade no serviço público, que impede a demissão de quem não tem capacidade para exercer a função. Fiz esses comentários porque uma funcionária não foi ao plantão nesta segunda-feira. Ainda não fui comunicado oficialmente da transferência, estou sabendo pela imprensa — disse Pinho.
A Polícia Civil informou que para a 12ª DP foi designado o delegado José William, atual titular da 82ª DP ( Maricá).


31 comentários:

  1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

    Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    2. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    3. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    4. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    5. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    4. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

    Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    4. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  4. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

    Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    3. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    4. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    5. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  5. Putz, esse cara ainda com esse lance de se preocupar com antiguidade??? Pqp!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  6. Chato pra caralho, enquanto ele tá preocupado com promoção, a mulher dele deve está dando pra um juruna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juruna não pega nem resfriado!

      Excluir
    2. Hoje, todo mundo é juruna, pois os SGTs "de curso" da turma de 2006 foram promovidos por "tempo de serviço", sem nenhum amparo legal. Quero ver quando babar, 2º SGT voltando a ser um 3º SGT "de curso". O tempo dirá, pois as providências legais serão tomadas.

      Excluir
    3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    4. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  7. Hoje, todo mundo é juruna, pois os SGTs "de curso" da turma de 2006 foram promovidos por "tempo de serviço", sem nenhum amparo legal. Quero ver quando babar, 2º SGT voltando a ser um 3º SGT "de curso". O tempo dirá, pois as providências legais serão tomadas.

    ResponderExcluir