terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Ex-policial suspeito de matar PM após discussão de trânsito é preso

Arma da vítima foi encontrada na casa dele

Policiais do serviço reservado do Batalhão de Campo Grande (40ºBPM) prenderam, nesta terça-feira (29) um ex-policial militar suspeito de matar um PM após uma discussão de trânsito, no sábado (26). Ele foi encontrado em casa no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.
Os policiais chegaram ao local após receberem uma denúncia anônima. Na casa do ex-PM, foram encontradas duas armas: uma pistola calibre 380, que pertencia à vítima, e outra calibre 9 mm, que teria sido usada no crime. A moto do policial, que desapareceu após sua morte, não foi encontrada.
O sargento Cristiano Ribeiro, que era lotado no Batalhão do Recreio dos Bandeirantes (31º BPM), foi encontrado morto, com tiros na cabeça e na barriga, na rua Doutor Marcos, próximo à favela da Carobinha, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro.
O suspeito do crime foi encaminhado para a DH (Delegacia da Homicídios), que investiga o caso. O ex-policial chegou a ser preso em 2009, durante a a operação Têmis, que tinha como objetivo a desarticulação de uma milícia que atua na zona oeste. O suspeito também é citado no relatório final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das milícias, aberta na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

Um comentário: