sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Morre militar do exército durante treinamento duro

Mais um militar morreu durante o duro e exagerado treinamento do exército. A vítima da vez foi um rapaz de 20 anos, que se afogou na última terça (23) durante uma instrução de natação na Brigada de Operações Especiais da corporação, no Jardim Guanabara, em Goiânia. O afogamento ocorreu por volta das 17h. Ele chegou a ser levado para o Hospital Santa Genoveva, mas não resistiu. Em 2011, esta Coluna noticiou o falecimento do cadete Renan Vasconcelos Borges da Gama, de 23 anos, que faleceu após participar de um exercício de treinamento. A Procuradoria da Justiça Militar no Rio de Janeiro (PJM Rio) chegou a investigar o caso, pois havia suspeita de maus tratos. A morte de militares já se tornou uma tradição. Em 2008, por exemplo, o cadete Maurício Silva Dias, de apenas 18 anos, sofreu parada cardíaca durante treinamento de caminhada e de 60 horas sem dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário