segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA LEVA POLICIAIS MILITARES FARDADOS PARA DANÇAR FUNK NO PROGRAMA ESQUENTA DA REDE GLOBO.


PMS DANÇAM NO BAILE DE DEBUTANTES
ASSISTA O VÍDEO AQUI

PMS DANÇANDO FUNK
ASSISTA  VÍDEO AQUI

SECRETÁRIO DE SEGURANÇA EM PLENA CAMPANHA ELEITORAL
ASSISTA O VÍDEO AQUI


Policias Militares dançam Funk no Programa da Rede Globo

Fonte: RioAcima

Eu custei a acreditar no que via, PMs fardados dançando funk no programa Esquenta, da Globo, apresentado pela Regina Casé. Também estava lá o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, que deve ser candidato a vice de Luis Fernando Pezão, na próxima eleição para o governo do estado do Rio. Pezão, para quem não sabe, atualmente é vice do governador Sérgio Cabral.
Como se vê, a campanha de Beltrame e Pezão está esquentando, com a valorosa contribuição da emissora amiga. O prefeito Eduardo Paes, outro amigo da casa, estava representado pela comissão de garis sambistas, devidamente uniformizados.
O programa é um festival pictórico, com todos os participantes fixos vestidos de arco-íris. Regina faz o de sempre, o que faz desde o grupo teatral Asdrúbal trouxe o Trombone (ou seria Trompete?), aquele que todo mundo incensa mas pouca gente viu em cena. Beltrame deve ter adorado quando a apresentadora (ela não perde essa mania)  puxou-o para o centro do palco com a esposa para que sambassem. Mas, como dizia aquele presidente do Corinthians, "quem tá na chuva é pra se queimar". A cara produção dominical é um arremedo do antigo Cassino do Chacrinha (apresentador que por sinal profetizou há décadas que na TV "nada se cria, tudo se copia").
O mais cômico foram os "toques" da Regina sobre os cuidados que as adolescentes devem ter para não engravidarem. Logo depois, todas, inclusive as crianças, rebolaram até o chão, junto com os PMs, ao som de algo como "sou gostosa porque mamãe passou açúcar em mim". Isso é a TV comercial: uma contradição permanente entre a programação, que quer audiência custe o que custar, e a mensagem politicamente correta que, vez por outra, se procura passar.
Aliás, o que não me sai da memória é a imagem dos policiais militares dançando funk com as garotas no palco. Não creio que tenha sido exatamente bom para a já desgastada imagem da PM do Rio. Ainda mais depois dos recentes conflitos com moradores e bandidos em favelas que já contam com Unidades de Polícia Pacificadora. Mas já que o chefe estava ali no palco, em pessoa, vendo tudo, todos procuraram dar o melhor de si. Beltrame gostou do comportamento da tropa, pelo sorriso que manteve nos lábios apesar do constrangimento visível de alguns de seus homens, exceto aquele com uniforme cinza dos que trabalham no camburão.
Sinceramente, acho que nem os episódios de violência policial e abusos de autoridade protagonizados pela PM nos últimos anos foram tão prejudiciais para a instituição do que o espetáculo surrealista da tarde deste domingo. Humanizar uma corporação com essa história pregressa vai muito além de levar um pelotão para participar de um show televisivo. Ainda mais como cabos eleitorais.
Os funkeiros presentes trataram de puxar a brasa para a sardinha deles e cobraram do secretário a liberação de mais bailes. Beltrame prometeu dar uma aliviada mas lembrou com razão dos moradores das comunidades que querem dormir e não podem com o som do batidão até as cinco ou seis da manhã, como era no tempo da liberdade irrestrita das quadrilhas de traficantes.
Apesar do governo catastrófico de Cabral nas áreas de transportes, educação e saneamento (vide Região Serrana e Baixada), Beltrame, agora com crachá de global, pode levar Pezão à vitória. Até porque a oposição no Rio praticamente inexiste, como mostrou o último pleito municipal na capital.
Sugiro até um nome para a chapa, que une o vice dos sapatos enormes e o chefe da polícia:
Coligação Pezão na Porta do Barraco.

17 comentários:

  1. agora está explicado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Hoje, todo mundo é juruna, pois os SGTs "de curso" da turma de 2006 foram promovidos por "tempo de serviço", sem nenhum amparo legal. Quero ver quando babar, 2º SGT voltando a ser um 3º SGT "de curso". O tempo dirá, pois as providências legais serão tomadas.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Hoje, todo mundo é juruna, pois os SGTs "de curso" da turma de 2006 foram promovidos por "tempo de serviço", sem nenhum amparo legal. Quero ver quando babar, 2º SGT voltando a ser um 3º SGT "de curso". O tempo dirá, pois as providências legais serão tomadas.

      Excluir
    3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    4. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

    Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    2. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
    3. A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TEM QUE ACABAR!

      Se o tempo de serviço fosse importante, ninguém ingressaria como Oficial PM. A PMERJ não pode promover automaticamente o soldado a sargento, sem fazer concurso e seleção dos mais aptos para esse importantíssimo cargo de supervisão do policiamento. É preciso reintroduzir a exigência de seleção para formar sargentos! Os profissionais não se improvisam e o Comando cabe ao mais digno e competente.

      Excluir
    4. Os ditos "SGTs de Curso", ao se sujeitarem à essa promoção ilegal de 3º SGT para 2º SGT, todos se tornaram jurunas. E pior ainda, foram promovidos de forma ilegal, diferente do resto da tropa, que foi promovido baseado num decreto totalmente legal. Por isso, não existe mais SGTs de curso da turma de 2006, pois todos, ao concordarem com essa promoção ilegal, se transformaram em jurunas. HOJE TODOS OS SGTs DO CONCURSO DE 2006 SÃO JURUNAS.

      Excluir
  4. Enquanto os Pms não se posicionarem ,tanto o governador quanto o seu Beltrame não terá nunca respeito pela INSTITUIÇÃO PM e nem por seus VALOROSOS SOLDADOS,pois irá sempre tratá-los como criança, pois vejam se eles fazem isso com os BOMBEIROS, embora não deem as esmolas do PROEIS,RAS. e GRATIFICAÇÕES, mas em compensação os BOMBEIROS mantem o RESPEITO e a DIGNIDADE , pois estamos aqui para SERVI A POPULAÇÃO e não para bancarmos de PALHAÇOS para o governador e nem para a REDE GLOBO. ACORDEM IRMÃOS PMs!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recentemente, num domingo passado, o Secretario de Segurança Pública do estado do RJ, se fez presente no programa ESQUENTA da Rede Globo e com este estavam Policiais Militares, alguns lotados em UPP – Unidade de Polícia Pacificadora.

      O programa era regado a FUNK, ritmo divulgado na classe pobre e miserável, às vezes curtido por jovens da classe media e alta... raramente.

      No ápice do programa, PMs que são pagos para proteger a população “caem” com tudo no Funk, rebolando e etc., no maior delírio, causando indignação em diversos setores, inclusive dentro da própria corporação, já que a Farda tem a sua mensagem perante a sociedade.

      Na realidade, havia um canto de sereia no ar, subliminarmente o foco todo era a promoção do Secretario, senhor Beletrame a uma possível candidatura ao Governo do Estado do RJ, na sucessão do atual Governador, Sergio Cabral Filho.

      São três pontos que quero aqui citar: o primeiro é o que já falei; a sucessão do Governo para 2014; o segundo é o enaltecimento e enfoque das UPPs, como víeis para Segurança Publica, enaltecendo assim o Secretário, provável sucessor e o terceiro, a polêmica que se formou em cima dos Policiais Militares que dançarem Funk.

      Comentando a ultima assertiva, sabemos que se um policial aparecesse dançando em vídeo, fardado, receberia as devidas punições, mas quando os seus superiores os colocam nesta situação, tudo é permitido e permissível.

      Todos sabem que nos morros e favelas, estes bailes correm frouxo, graças a PROPRINA paga. Moradores denunciam, mas o arrego fala mais alto, é só ver os diversos Sites, cito o que fala da Cidade Alta em Cordovil.

      O cidadão fica refém do trafico e da policia. Sobre as UPPs, sabemos que é um curativo, um esparadrapo em cima de uma ferida cancerígena, pois ao se ocupar uma área dominada pelo trafico, é divulgado com dias de antecedência sobre a ocupação que ali se fará.

      Não é vista a prisão de traficantes ou criminosos que ali estavam, muito pelo contrario, esse criminosos migram para outros locais, muitos onde não haverá as ditas UPPs, já que parte do pagamento é feito pela Prefeitura do RJ, é só vermos na Baixada, Niterói e outros, inclusive no próprio município do RJ, cito o Lins de Vasconcelos, onde pessoas foram vitimadas recentemente.

      Sabemos que não é do interesse dos Políticos que se apure, investigue e prenda. Como não se soubesse onde estão os criminosos, pois todo mundo sabe, o morador sabe, menos a “Policia/’, na realidade sabe, porém é mais rendoso para alguns que o tal, fique solto.

      Deixe de demagogia POLÍTICOS, o Povo está acordando e vos dará o troco.

      Policial, (sem generalizar, pois existem os bons policiais) a vossa atitude de conluio, omissão ou cumplicidade, trará muitas vitimas inclusive sua família e você.

      Excluir
  5. CARALHO! Aquele ali que apareceu no primeiro vídeo não é o Mister M!?
    pqp...
    PM e bandido minsturando-se. Motivo de reprovação em pesquisa social, se ainda não fosse PMs. Mas como estão com o SR. Secretário de Segurança, está tudo certo...

    Que merda...

    ResponderExcluir