quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

"Bebezão" cai no choro ao ser preso por suspeita de tráfico

6 comentários:

  1. quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013
    Gratificaçoes que policiais e bombeiros recebem vao incorporar ao salario em 2014
    FONTE - Rio - Servidores da Segurança Pública do Rio poderão ter uma nova forma de remuneração a partir de 2014. Sai a sopa de letras, com diversas gratificações, e entra o subsídio que agrupará os penduricalhos. Com isso, os bônus e demais adicionais serão incorporados aos salários de policiais civis e militares e bombeiros. Na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros, o valor inicial seria de R$ 3.500 para os soldados. A medida vai contemplar, principalmente, os 32.163 aposentados e 14.404 pensionistas que atualmente não recebem gratificações que estão em vigor. Todas as alterações têm o sinal verde do Palácio Guanabara. O governo também quer unificar o pagamento do auxílio moradia dos militares. A ideia é aplicar o valor máximo recebido pelos servidores que possuem dependentes. A mudança não teria grande impacto econômico e também beneficiaria quem ainda não possui filhos. Segundo fontes do estado, o governador Sérgio Cabral autorizou que os comandos militares e a chefia de Polícia Civil iniciem o processo de negociação com os representantes das classes. Mas deixou claro que as novas regras entrarão em vigor em 2014 e lembrou que, até 2013, valem os reajustes que foram antecipados na última sexta-feira e que somam 38,81% entre fevereiro de 2012 e outubro do próximo ano. Cabral estaria disposto a arcar com o peso da mudança para os inativos e pensionistas. E, também, com os gastos adicionais aos servidores ativos que hoje não recebem qualquer bônus. Como no caso daqueles que estão de licença-médica e perdem o direito aos benefícios. A proposta do subsídio é garantir em lei que os atuais 73.106 servidores ativos da Segurança Pública recebam todos os adicionais — já que o sucessor do governo poderia cortar todos os já existentes. E também assegurar que os em atividade não percam os valores quando se aposentarem. . NOSSA OPINIAO - Justo, muito justo, justissimo seria mesmo se as gratificaçoes incorporassem no salario. Ja esta mais do que na hora de o governo criar vergonha na porra da cara e fazer isso. Os policiais inativos merecem respeito e reconhecimento pelo tempo em que aguentaram tanta covardia na PMERJ e CBMERJ. blog da verdade.

    ResponderExcluir
  2. PESSOAL...EU ACHO Q FOMOS ENGANADOS MAIS UMA VEZ....LIGUEI AGORA CEDO(09.45HS) P/ O BRADESCO E PEDI AO GERENTE P/ VER O VALOR DEPOSITADO EM MINHA CONTA, JÁ Q O SITE DO CONTRA-CHEQUE NÃO ABRE, E P/ MINHA SURPRESA, O VALOR DEPOSITADO, NÃO ESTA DENTRO DOS 23% DE AUMENTO. NÃO SEI COMO FIZERAM ESSE CALCULO, POIS O VALOR RECEBIDO NO MES PASSADO, NÃO CHEGA AOS 23%....ALGUEM PODE CONFIRMAR COMO É FEITO ESSE CALCULO....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS DESCONTOS TAMBÉM SOFRERÃO 23,3% DE AUMENTO, ATENTANDO TAMBÉM PARA O DESCONTO DO IR, POIS FATALMENTE MUITOS CHEGARÃO AO DESCONTO MÁXIMO DE 27% DEVIDO AOS SEUS VENCIMENTOS. O CERTO E SE FAZER O CÁLCULO PELO BRUTO, DESCONTANDO-SE AS FAMIGERADAS GRATIFICAÇÕES, CHEGANDO-SE ASSIM AO VALOR REAL.
      OBS: O IRMÃO DEVE SER DA RESERVA, CORRETO? POIS HOJE ESTÁ PAGANDO OS INATIVOS, E NA PRÓXIMA 2ªF DIA 4 PAGARÁ O PESSOAL DA ATIVA.
      ESPERO TER AJUDADO!!!

      Excluir
  3. Resumo da ópera,
    Estamos fu..... mais uma vez o Estado do Rio de Janeiro, nos passou a perna. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CALMA COMPANHEIRO, UM AMIGO DA RR, ME DISSE QUE RECEBEU DIREITINHO. ESPERE ATÉ 2;FEIRA E ENQUANTO ISSO TOME 5 GOTAS DE RIVOTRIL PELA MANHÃ E MAIS 5 A NOITE ANTES DE DORMIR. RS, RS, RS. UM ABRAÇO!!!

      Excluir
  4. AOS COMPANHEIROS, AGRADEÇO A FORÇA...REALMENTE SOU DA RESERVA....ATÉ AGORA NADA DE CONTRA-CHEQUE NO SITE.....12.47HS

    ResponderExcluir