quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Casal que chamou PM de macaco não responderá por racismo

DIÁRIO DO VALE
 
Delegado: Antônio Furtado diz que não 
entendeu que o casal tenha praticado crime de preconceito

O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Antônio Furtado, disse hoje (13) que o casal que teria cometido racismo contra um policial militar durante o Carnaval na Ilha São João não vai responder por injúria por preconceito racial. Um jovem de 21 anos, e a mulher dele, de 20, chegaram a ser levados para a delegacia na noite de terça-feira, pois teriam chamado o PM de "macaco".
Furtado explicou que o casal estava visivelmente embriagado, e que ele entendeu que os suspeitos não praticaram crime de racismo, mas um ato de desrespeito a um agente que estava exercendo sua função pública. Segundo testemunhas, a confusão foi na portaria da Ilha São João.
De acordo com o registro na 93ª DP, o policial militar percebeu que suspeito estava discutindo com uma funcionária do local, e tentou apartar a confusão.
- O casal teria chamado o PM de "macaco", e o jovem também desafiou o policial para briga. O suspeito chegou a mandar o PM tirar a pistola que estava em sua cintura para que brigassem - disse o delegado.
Por isso, Furtado explicou que indiciou o jovem em desacato e ameaça. Já a mulher foi autuada apenas no crime de desacato.
O casal depôs na delegacia, e assinaram um termo se comprometendo a comparecer ao Juizado Especial Criminal de Volta Redonda quando forem intimados para responderem pelos crimes em liberdade.


12 comentários:

  1. SE FOSSE AO CONTRARIO. COMO VC ACHA QUE SERIA O FINAL. PM TRABALHANDO PRESO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. SE FOSSE COMIGO, SERIA A ULTIMA COISA Q ELE IA FALAR......

    ResponderExcluir
  3. DELAGADO MACACO!!AH NÃO TIVE INTENÇÃO É SÓ PORQUE TOMEI UMAS CERVEJINHAS...

    ResponderExcluir
  4. ta de saca...se o pm tivesse feito ao contrario estaria presso pracaralho

    ResponderExcluir
  5. os brancos se unem contra nós negões ...
    eles se sentem menosprezados pelo tamanho do p.. por isso se unem contra nós ...
    conclamo todos os irmãos de cor a repudiar o delegado em sua atitude racista ...

    VAMBORA, A MACACADA REUNIDA ... JAMAIS SERÁ VENCIDA ...

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, o PM trabalha, se estressa, é agredido verbalmente e não dá nada para o pi. É também por isso que eu não faço nada, não quero mais saber de nada, pois assim as minhas folgas passam sem o resquício de estrese devido às ocorrências.

    ResponderExcluir
  7. Alguém recebeu o RAS por ter trabalhado nas eleições estando de férias?

    ResponderExcluir
  8. O Mike não deveria aceitar, afinal a ultima palavra não é do del pol distrital. Não sou negro mas se eu fosse o PM entraria tb na justiça civel contra esse casal.

    ResponderExcluir
  9. O casal não vai responder por injúria por preconceito racial porque estava embriagado? Eles praticaram o crime de racismo, sim!

    ResponderExcluir
  10. RESUMINDO!O POLICIAL QUE ESTA ERRADO!!! A PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR!!! -QUANTO SERA QUE O DELEGADO LEVOU HEIM(NAO VA DIZER QUE FOI FEITO NO ~AMOR~QUE ISSO TODOS NOS SABEMOS QUE NAO FOI!!!)SE FOSSE REGISTRADO COMO RASCISMO TERIAM QUE AGUARDAR PRESOS<MAIS COMO DESACATO SAIRAM RINDO DA DELEGACIA E DEIXARAM COM CERTEZA UM SORRISO MAIOR NO ROSTO DO DELEGADO!!!OU ALGUEM TEM DUVIDAS

    ResponderExcluir
  11. gente, uma coisa que eu digo sempre e ninguém acredita:PC não gosta de militar seja PM ou BM ou das forças armadas.qualquer oportunidade que eles tiverem ,eles empurram a Trolha.Se o insulto tivesse acontecido com um agente da PC ,com certeza os agressores estariam atrás das grades mas como foi a um PM,o dr.delegado se duvidar ainda vai"empurrar" no PM.Assim fica difícil!!!Abaixo os PCs rói corda...!!!!!!!!!

    ResponderExcluir