quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Guarda Municipal do Rio cria avaliação de conduta

A Guarda Municipal do Rio criou um sistema para avaliar a conduta de seus cerca de oito mil guardas, incluindo os músicos da corporação. O Conceito Disciplinar Profissional está dividido em excelente, muito bom, bom, regular, mau e ineficiente, conforme o número de penalidades aplicadas. Quem for considerado mau ou ineficiente por meio dessa avaliação será encaminhado a uma atualização profissional.
Para ser considerado excelente, o guarda precisa passar cinco anos sem receber qualquer penalidade (advertência, repreensão ou suspensão). O conceito muito bom é para quem tiver apenas uma repreensão em três anos. Os que ganharem duas repreensões em dois anos serão considerados bons. Os guardas municipais serão considerados regulares pelo órgão se receberem quatro repreensões em dois anos de serviço.
Quem tiver até cinco repreensões em dois anos será enquadrado como ruim. Os com conceito insuficiente serão os que acumularem até seis repreensões no período. Nos dois casos, o guarda fará um curso de atualização profissional. Duas advertências equivalem a uma repreensão e duas repreensões, a uma suspensão. Quem ingressar na Guarda Municipal receberá automaticamente o conceito bom.


5 comentários:

  1. EXISTEM ALGUMAS SEMELHANÇAS COM O REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (RDPMERJ).

    Ao ser incluída na Policia Militar, a Praça será classificada no comportamento
    BOM.

    O comportamento Policial Militar das Praças deve ser classificado em:
    Excepcional - quando no período de 8 (oito) anos de serviço efetivo não tenha sofrido
    qualquer punição disciplinar;
    Ótimo - quando no período de 4 (quatro) anos de efetivo serviço tenha sido punida
    com até uma detenção;
    Bom - quando no período de 2 (dois) anos de efetivo serviço, tenha sido punida com
    até duas prisões;
    Insuficiente - quando no período de 1 (um) ano de efetivo serviço, tenha sido punida
    com até duas prisões;
    Mau - quando no período de 1 (um) ano de efetivo serviço, tenha sido punida com
    mais de duas prisões.

    2 (duas) repreensões equivalem a 1 (uma) detenção;
    2 (duas) detenções equivalem a 1 (uma) prisão.

    ResponderExcluir
  2. EXISTEM ALGUMAS SEMELHANÇAS COM O REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (RDPMERJ).

    Ao ser incluída na Policia Militar, a Praça será classificada no comportamento BOM.

    O comportamento Policial Militar das Praças deve ser classificado em:
    Excepcional - quando no período de 8 (oito) anos de serviço efetivo não tenha sofrido
    qualquer punição disciplinar;
    Ótimo - quando no período de 4 (quatro) anos de efetivo serviço tenha sido punida
    com até uma detenção;
    Bom - quando no período de 2 (dois) anos de efetivo serviço, tenha sido punida com
    até duas prisões;
    Insuficiente - quando no período de 1 (um) ano de efetivo serviço, tenha sido punida
    com até duas prisões;
    Mau - quando no período de 1 (um) ano de efetivo serviço, tenha sido punida com
    mais de duas prisões.

    2 (duas) repreensões equivalem a 1 (uma) detenção;
    2 (duas) detenções equivalem a 1 (uma) prisão.

    ResponderExcluir
  3. O sujeito pode ser um profissional impecável mas se o superior dele não gostar vai haver perseguidores relatando advertências a caderneta do guarda só pra ferrar ele na avaliação .

    ResponderExcluir
  4. Apesar de concordar em parte, gostaria de saber se o comandante ou chefe, não sei muito bem como classifica-lo, está pensando realmente no bem do profissional? porque se estiver, estará com esta atitude promovendo os que se dedicarem, pois na verdade o que repara pelas ruas do rio não é isso.
    pois se o tal chefinho quiser imitar a pm/bm, também deve estar pensando em dar promoção em 5 em 5 anos de serviço.
    Deixo aí a minha contribuição para esta corporação de sofredores
    -bravo serpa

    ResponderExcluir
  5. Artigo 144 §8º CRFB-88. Guarda Municipal não é polícia!!!!

    ResponderExcluir