sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Homem joga bombas em policiais da UPP da Providência e acaba preso

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Providência, no Centro, prenderam na manhã desta sexta-feira um traficante identificado como José Carlos de Deus, de 45 anos. O bandido estava na escadaria da Praça Américo Brum, no interior da comunidade, e ao avistar os policiais tentou fugir atirando duas bombas de fabricação caseira contra os militares.

Durante a ação nenhum policial se feriu. Na fuga, José Carlos foi preso portando uma bolsa com 3.202 papelotes de cocaína, quatro granadas, uma pistola 9mm, uma munição de fuzil 5.56 e farto material de endolação. O caso foi registrado na 5ª DP (Mem de Sá).



2 comentários:

  1. E a única coisa que ganham são escalas pioradas!

    ResponderExcluir
  2. Como os salários da PMERJ são baixíssimos, os Policiais Militares deveriam ser isentos do pagamento do IPVA, que é um imposto estadual. O DUDA também não deveria ser cobrado do PM do Rio, já que ele utiliza a CNH para dirigir em serviço.

    O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PRECISA PAGAR UM SALÁRIO DIGNO AO POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, PELO MENOS O MÍNIMO!

    Conforme o Artigo 92, Inciso I, da Constituição do Estado do Rio de Janeiro c/c Artigo 7º, Inciso VII da Constituição Federal de 1988, nenhum soldo da PMERJ e do CBMERJ pode ficar abaixo de R$ 678,00 (valor do salário mínimo vigente).

    De acordo com o Artigo 7º, Inciso IV, da Carta Magna, nenhum vencimento da PMERJ e do CBMERJ pode ficar abaixo de R$ 2.674,88 (valor do salário mínimo necessário divulgado pelo DIEESE). Concluindo, a remuneração do soldado PM ou BM deveria ser igual ou acima de R$ 2.674,88 (dois mil, seiscentos e setenta e quatro reais e oitenta e oito centavos).

    http://trovatore.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    ResponderExcluir