quinta-feira, 4 de abril de 2013

Polícia apreende R$ 425 mil na casa de inspetor na Zona Oeste

 
Após receber denúncia anônima, agentes da Corregedoria Geral Unificada (CGU) fizeram buscas em quatro endereços pertencentes ao policial civil Paulo Roberto Mattos Leal, lotado na 67ª DP (Guapimirim) e acusado de atuar como agiota, nesta quarta-feira.
Só na Barra da Tijuca, na cobertura duplex do agente avaliada em R$ 5 milhões, os 20 corregedores apreenderam R$ 425 mil em dinheiro, além de 20 pastas contendo escrituras, 65 euros, 1.800 dólares e mais de 200 cheques assinados.O policial não foi localizado em nenhum dos endereços.
Os agentes investigam há mais de um mês a atuação do inspetor. Ontem, com mandado de busca e apreensão, foram a endereços na Barra, Recreio, Guaratiba e Flamengo. Um Honda Civic de cor prata, que estava estacionado em frente ao apartamento luxuoso do policial na Barra, foi apreendido na ação.
Segundo o delegado Marcelo Fernandes, da CGU, em Guaratiba, o policial civil mantinha um galpão e estava construindo pelo menos 20 casas para alugar. “Se ficar comprovada a atuação dele como agiota, ele pode ser expulso”, afirmou Fernandes, que com decorrer do inquérito pode pedir a prisão do policial, que seria autuado por agiotagem.
Mulher prestou depoimento
Todo material apreendido foi levado para a 16ª DP (Barra da Tijuca). A mulher e a filha do policial civil, acompanhadas da advogada e babá, foram até a delegacia. A esposa do agente prestou depoimento. No entanto, a Polícia Civil não divulgou o que ela contou sobre a possível participação do marido no "mundo" da agiotagem.
Os agentes da Corregedoria ficaram impressionados com o conforto do apartamento duplex do policial civil, na Barra da Tijuca. Piscina, banheiros e quartos com vista panorâmica era um dos detalhes do luxuoso imóvel.
Além disso, todos os banheiros possuíam banheiras de hidromassagem. “Ele vai precisar explicar como comprou esse apartamento luxuoso”, garantiu o delegado Marcelo Fernandes.

11 comentários:

  1. Isso deveria acontecer sempre,como pode ter tudo isso ganhando esse salário de merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um policial econômico pode tranquilamente ter essa quantia no Banco. O estranho é ele ter deixado tanto dinheiro em casa! Se analisarem a declaração do IR...

      Excluir
  2. Esse policial que atende pelo nome de PAULO ROBERTO MATTOS LEAL é um homem, de baixo nivel, um homem frequentador de boates de suingue usuario de drogas, agiota, nunca apareceu pra trabalhar na delegacia que estava lotado, prova disso é que não existe nenhuma filmagem deste lixo de pessoa dentro da delegacia em que ele trabalhava, é um pilantra que usa a carteira de policial para obter vantagens, deveria apodrecer na cadeia, deixar as pessoas que vivem com medo dele em paz, não passa de um vagabundo sustentado pelo governo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele ja está solto, não ficou nem um mes preso, continua na sacanagem e ninguém faz nada, REVOLTA

      Excluir
  3. se a pessoa acha que o salario é uma merda, não emtre para a policia, pq fazendo isso, ele é mais ladrão que os ladrões, é um safado pilantra e vagabundo, o Recreio dos Bandeirantes, a Barra da tijuca e todos os outro bairros que esse porco andava estão mais limpos se ferrou safado sem vergonha, agora apodreça na cadeia... kkkkkkkk
    Quero ver como vc vai fazer agora para ir fazer suruba no Paris Café, vai ter que dar na cadeia Kkkkkkkkkk
    SE FERROU PAULO LEAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele não se ferrou, não ficou nem um mes na cadeia, e ninguém faz nada, como pode?? Alguém faça algo, ele ameça as pessoas de bem

      Excluir
  4. MENOS UM POLICIAL BICHONA CORRUPTO E DROGADO VIVAAAAAAAA.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ELE JÁ ESTÁ SOLTO E CONTINUA NA SACANAGEM...

      Excluir
  5. Gente qual o problema?.......com a salário de polícia e bombeiro no rio de janeiro dá para manter esse luxo não dá?.....Afinal de contas, polícia e bombeiro do rj estão entre os mais bem pagos do brasil......e trabalham muito pouco, por sinal.......quem concorda comigo, levanta a mão......rsrsrs.......

    ResponderExcluir
  6. A PMERJ e o CBMERJ precisam de 33% de reajuste salarial para o soldo do soldado alcançar o SALÁRIO MÍNIMO.

    O Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Fevereiro de 2013 foi estimado em R$ 2.743,69 (dois mil, setecentos e quarenta e três reais e sessenta e nove centavos). Para alcançar este piso, seria necessário 32,083% de reposição salarial, pois o vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (a diferença é de R$ 666,44).

    Fonte: http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    Já para igualar o SOLDO do SOLDADO ao SALÁRIO MÍNIMO vigente, seria necessário conceder apenas 32,19% de reajuste salarial.

    SOLDO do SOLDADO: R$ 512,90

    SALÁRIO MÍNIMO: R$ 678,00

    DIFERENÇA: 32,19%

    É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer!

    Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população (Bombeiros e Policiais Militares)???

    VERGONHA!

    ResponderExcluir
  7. É isso ai, enquanto nos poderes eles roubam a vontade, para segurar a "tropa" pagam bons salários aos chefes e aos soldados que tem a faca e o queijo nas mãos, pagam uma merda de salário miserável!!! e querem que o cara seja de 1º mundo, motivado, educado, cavalheiro etc... hahahaha! vai esperando, só vai criar bandido mesmo!!! Nunca vai mudar, ou se paga aos policiais salário dígno de policial, ou a bosta ta feita, os caras não estão nem ai pra nada e quem vai se foder é o povo!!!!

    ResponderExcluir