segunda-feira, 29 de abril de 2013

Polícia prende mais um acusado da invasão ao Hotel Intercontinental

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha prenderam na tarde desta segunda-feira mais um acusado de participar da invasão ao Hotel Intercontinental, em agosto de 2010. Vitor Gomes Eloy, 29 anos, estava foragido da Justiça e foi detido após denúncia.
Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), o suspeito foi abordado por uma equipe policial que estava em patrulhamento pela rua Dois. Vitor foi levado para a 15ª DP (Gávea).
Em fevereiro, Washington de Jesus Andrade Paz, 20 anos, também foi preso na Rocinha acusado de participar do crime. Dias antes, Vinícius Gomes da Silva, conhecido como Titica, já havia sido detido. 
Invasão ao hotel
No dia 20 de agosto de 2010, um grupo de traficantes entrou em confronto com a Polícia Militar nas proximidades da favela da Rocinha. Dez criminosos fugiram e invadiram o Hotel Intercontinental, no bairro de São Conrado, zona sul do Rio de Janeiro. Na troca de tiros, morreu Adriana Duarte de Oliveira dos Santos, 41 anos. Segundo a PM, a mulher fazia parte do grupo e havia mandado de prisão temporária expedido contra ela desde fevereiro.
Na ocasião, sete pessoas ficaram feridas. Os traficantes fizeram 35 reféns, entre hóspedes e funcionários, na cozinha do estabelecimento. Depois de quase duas horas de negociação com o Bope, o grupo se entregou. Com eles, foram apreendidos oito fuzis, cinco pistolas, munição, granadas e rádios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário