quinta-feira, 18 de abril de 2013

Policial de UPP é assassinado com mais de 20 tiros de fuzil na porta de casa

O sargento da Polícia Militar Alan de Souza Martins foi assassinado a tiros, na noite desta quarta-feira, na porta de casa, na Avenida Portugal, no bairro da Prata, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Fazendinha, no Complexo do Alemão, ele levou mais de 20 tiros de fuzil, segundo informações do 34º BPM (Belford Roxo), responsável pelo policiamento na região. Foi o terceiro policial morto no estado do Rio em 24 horas. Na terça à noite um PM foi assassinado ao reagir a uma tentativa de assalto e outro foi sequestrado e apareceu morto cerca de uma hora depois.
Os assassinos de Alan estavam numa moto e num carro. Depois de ser baleado, o sargento ainda foi levado para o Hospital Municipal Jorge Júlio Costa Santos, o Hospital do Joca, mas chegou morto à unidade. Os bandidos fugiram em direção ao Morro do Castelar, também em Belford Roxo. O caso foi registrado na 54ª DP (Belford Roxo). Os agentes ainda não sabem a motivação do crime.

Um comentário:

  1. DIGNIDADE AOS INTEGRANTES DA PMERJ E DO CBMERJ

    O Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas.

    Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Março de 2013 foi estimado em R$ 2.824,92 (dois mil, oitocentos e vinte e quatro reais e noventa e dois centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (R$ 747,67 abaixo do referido piso).

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer!

    Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)???

    VERGONHA!

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder 36% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM).

    ResponderExcluir