segunda-feira, 22 de abril de 2013

Policial morre e criança é baleada em troca de tiros, em Honório Gurgel

Uma criança foi baleada durante uma troca de tiros em Honório Gurgel entre policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar e bandidos. Segundo a PM, um policial morreu e outro foi ferido durante o confronto. Um bandido também não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Todos foram levados para o Hospital Estadual Carlos Chagas. De acordo com a polícia, quatro suspeitos foram presos e, com eles, foram apreendidos uma escopeta, duas pistolas e um revóver 38. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

9 comentários:

  1. E viva os 2000,00 reais que ganhamos todo mês da nossa sociedade. Dinheiro esse que dá muito bem para sobrevivermos e trabalharmos tranquilo enquanto nossos familiares estão em casa bem protegidos. Porra nenhuma! Temos que conseguir um aumento considerável senão teremos que partir para as greves. Cadê a porra do aumento? Andar de helicóptero é mole... Quero ver bancar um RAS e esperar um tempão para receber enquanto as contas vencem....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo!

      É preciso oferecer o MÍNIMO de DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ.

      O Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas.

      Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Março de 2013 foi estimado em R$ 2.824,92 (dois mil, oitocentos e vinte e quatro reais e noventa e dois centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (R$ 747,67 abaixo do referido piso).

      http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

      É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer!

      Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)???

      VERGONHA!

      O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder 36% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM).

      Excluir
    2. É POR ISSO QUE EU PREFIRO TRABALHAR PARA O PORTUGUÊS, DO QUE TRABALHAR PARA O PINÓQUIO DE GUARDANAPO NA CABEÇA, POIS LÁ A PRATA SAI SEMPRE NO DIA COMBINADO. EU TE DISSE!!!

      Excluir
  2. O RIO NÃO ESTÁ PACIFICADO? QUE ESTRANHO!

    NO RIO DE JANEIRO, OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA NÃO SÃO TRATADOS DIGNAMENTE.

    A VIDA DE MILITAR ESTADUAL É COMPLICADA!

    DINHEIRO PARA PAGAR BEM TEM. CASO CONTRÁRIO NÃO EXISTIRIAM O PROEIS E O RAS!

    ResponderExcluir
  3. falta vontade politica,vergonha na cara, respeito ao cidadão, ao profissional, a POPULAÇÃO, enfim só mesmo a DITADURA para dar jeito nessa porra chamada brazil enquanto isso a nossa corporação está doente palavras do cel médico dr.Sergio Sardinha grande cirurgião do tórax hoje diretor do HCPM, homem digno tive o prazer de conhece-lo e trabalhar com o mesmo ainda como acadêmico de medicina ao sr. dr. cel médico sergio Sardinha minha continência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A época do Regime Militar foi a melhor que nós já tivemos! Havia ÉTICA, MORAL E ORDEM. Meus familiares que viveram nesta época só rasgam elogios ao sistema militar que teve aqui no Brasil. Nós tínhamos mais educação, segurança, saúde e os militares não roubavam, como o pessoal do PT. Observem que nenhum presidente militar ficou rico! A cada semana a presidente Dilma Rousseff e seu governo autoritário surpreendem o país com atitudes e posturas que até o mais inocente dos brasileiros se espanta. O governo petista implantou a ditadura civil!

      Algumas razões a favor dos Militares no Governo Federal:

      1) Não foi de fato uma ditadura.
      2) O regime militar foi infinitamente menos violento que qualquer regime socialista.
      3) O período militar foi muito menos duradouro que qualquer outro regime de esquerda.
      4) Havia liberdade de ir e vir, de ficar ou sair (se auto-exilar). A população vivia tranquilamente, somente a turminha da esquerda bancavam os heróis sonhando em implantar um contra-golpe socialista, fingindo lutar pela democracia. Muitos artistas faziam músicas de protesto com mensagens de duplo sentido (algo inimaginável em Cuba, onde o Buena Vista Society, por exemplo, foi simplesmente desbaratado).

      Excluir
  4. Vai tomar no cú globo,o policial morreu e vcs seus merdas de reportes junto com rodrigo pimentel ( mijão ) querem saber se "a atitude dos policiais foi correta" ao revidarem .Filhos da putafalem do PM herói fale se ele deixou filhos esposa ,seus merdas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FALAR DO PM É FÁCIL, DIFÍCIL É SER PM! Rodrigo Pimentel não aguentou...

      Excluir
  5. quem é rodrigo pimentel borra bosta filhinho de papai que reformou numa situação engatilhada pelo conhecimento de seu pai tão somente não passa de um grande merdão a serviço das organizações globo, xô LIXÃO

    ResponderExcluir