sexta-feira, 14 de junho de 2013

A PM usa a hierarquia para obrigar os policiais a trabalharem numa escala desumana para aumentar o efetivo.

O DIA 
Cerca de 10 mil policiais não poderão participar do aparato de segurança montado pela PM para a Copa das Confederações, competição que começa neste sábado em seis estados.
Afastado por inúmeros motivos, esse grupo ficará longe das ruas, o que vai de encontro ao anúncio feito pela corporação há alguns dias, quando garantiu que empregaria todo o efetivo de 44.371 PMs no esquema — dividido em quatro fases, entre 12 de maio e 13 de julho.
O jornal  O Dia teve acesso a uma planilha com números da corporação. O total de afastamentos — 9.223 policiais — corresponde a 20,5% do efetivo. E ainda há outro dado ‘impressionante’: a assessoria de imprensa da PM afirmou que o total em ação será de 67 mil homens até dia 5 de julho, quando serão empregados 2.600 agentes por dia no Rio.
O aumento é explicado da seguinte maneira: multiplicando os 2.600 policiais por 26 dias de trabalho, período de policiamento especial para a Copa das Confederações.
A quantidade de afastados pode ser maior, porque a lista não inclui PMs cedidos a órgãos como Tribunal de Justiça, Ministério Público, entre outros.
Férias, tratamento de saúde, licenças paternidade e maternidade, luto, licença especial, cursos de aperfeiçoamento são as principais causas que tiram PMs do trabalho.

3.800 de férias
A corporação justificou ainda que o período de férias atinge cerca de 8,33% do efetivo, num total de 3.800 PMs. E completou dizendo que cerca de 5% têm direito à licença especial a cada 10 anos.
Dos quase 45 mil PMs, 22.661 (51%) estão no policiamento ostensivo, e 12.487 (28%), em atividades administrativas. Nos dias de jogos no Maracanã, 550 policiais do chamado ‘batalhão burocrático’ — com policiais que fazem serviços administrativos — farão o policiamento com o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e outras unidades.
O ‘batalhão burocrático’ também apoiará o Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) nos pontos turísticos.

Os números da PM impressionaram a deputada estadual Janira Rocha (Psol). “É enganação. Não existe esse contingente de 67 mil. Isso é fraude! A PM usa a hierarquia para obrigar os policiais a trabalharem numa escala desumana para aumentar o efetivo. Isso é assédio moral porque, se o subordinado disser não, vai preso. E mesmo os PMs tendo direito ao afastamento, o número de PMs fora de serviço é grande”.
A escala de trabalho, aliás, é uma das principais reclamações que chegam ao presidente da Associação de Cabos e Soldados Militares, Vanderlei Ribeiro.
“Falta planejamento na PM, por isso não adianta colocar um número grande de policiais nas ruas. Submetem o efetivo ao excesso de trabalho e isso não é produtivo. Dessa forma, ele não vai garantir a segurança e vai acabar se afastando”.

7 comentários:

  1. Alô poliçada das UPP, vamos denunciar as sacanagens e covardias para a Corregedoria:

    8dpjm@cintpm.rj.gov.br

    Tem muito polícia bom sofrendo nas UPP e que não merece ser sacaneado.

    Denunciem!!!

    ResponderExcluir
  2. QUERIA VIR A PUBLICO AGRADECER AS PALAVRAS DO MEU CMT GERAL HOJE DE MANHA NO PATIO DO 37 BPM-RESENDE,DIRETO,SEM HISTORINHA E COM CERTEZA A CARAPUÇA SERVIL AO COMANDO DA OPM,UM COMANDO QUE DEU 20 DIAS EM UM PM SO PORQUE ELE FOI FALAR DIRETO COM DEUS,OU MELHOR ,O CMT DA OPM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de ir ao CMT, o CB ou SD tem que ir ao SGTE de sua CIA, que o encaminhará ao CMT de CIA para que ele permita ao PM falar com os escalões superiores.

      Excluir
  3. 72Hs de serviços semanais, sem ser voluntário! É só olhar as escalas do 31ºBPM.

    ResponderExcluir
  4. OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO PRECISAM SER MAIS VALORIZADOS.

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (está R$ 815,22 abaixo do referido piso). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A VIDA DE MILITAR ESTADUAL É COMPLICADA (o risco é grande e o salário é insuficiente). Em menos de três meses, 8 policiais foram baleados em comunidades “pacificadas”!

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)?


    OS POLICIAIS MILITARES DO RIO DE JANEIRO RECEBEM "O PIOR SALÁRIO DO BRASIL"!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=btMONXaYyuI&feature=player_embedded

    Dep Fed Maj Fabio (DEM-PB) fala algumas verdades ao Comandante Geral da PMERJ e Secretario de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

    http://www.sospoliciaismilitares.blogspot.com.br/2013/06/policiais-do-rio-o-pior-salario-do.html

    ResponderExcluir
  5. VAMOS ESPERAR UM MES DE ESCALAS DESUMANAS E COBRAR DO ESTADO AS HORAS EXTRAS. É LE,I QUEM FIZER NÃO ESTARÁ COMETENDO CRIME. LEMBRA DAS PALAVRAS DO CMT GERAL QUANDO ELE ENTROU CONTRA O ESTADO?... JÁ TEM REQUERIMENTO PRONTO MNDA EMAIL PARA, CFAPK6. MAJ HELIO.

    ResponderExcluir
  6. Foi canceladas as férias de julho e os pms que estão com passagem compradas com as familhas perdem o dinheiro já pagos???????

    ResponderExcluir