sexta-feira, 14 de junho de 2013

Dodô, preso que seria resgatado na Niterói-Manilha, sabia da ação e brigou para ficar na porta de carro da Seap


A Polícia Civil já tem certeza de que a ação frustrada de 20 bandidos, na última quarta-feira, na Niterói-Manilha, tinha o objetivo de resgatar o traficante Lindomar de Oliveira Brant, o Dodô, de 38 anos, que mesmo preso desde 2004 continua a comandar o tráfico de drogas na favela Reta Velha, em Itaboraí. Em depoimento à polícia, os presos que estavam no veículo da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) relataram que o criminoso brigou e insistiu para sentar na porta do carro. A tentativa de resgate terminou com um agente penitenciário morto.
- Esse é o detalhe mais importante. Dá certeza de que o objetivo era resgatar o Dodô. Ele sabia da ação e tinha motivos de sobra para fugir, porque foi condenado recentemente a mais 41 anos de prisão - afirmou o delegado Wellington Pereira Vieira, da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, responsável pelas investigações do ataque.
Ainda de acordo com o delegado, Dodô é um dos homens fortes da maior facção criminosa do Rio e já foi condenado a mais de 80 anos de prisão por crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha e roubo.
Vieira trabalha com a hipótese de que o resgate do criminoso tenha sido executado por outros traficantes da Reta Velha. Robson Luiz Monteiro Martins, o Canela de Vidro, e Bruno Pacheco Lima, o Boldinho - segundo e terceiro homens, respectivamente, na hierarquia do tráfico na favela - são dois dos suspeitos da ação.
Aqueles que forem responsabilizados pelo ataque serão indiciados por 12 tentativas de homicídio, um homicídio e facilitação de fuga. Nos próximos dias, testemunhas serão ouvidas.

Um comentário:

  1. INVESTE-SE EM TUDO NA POLÍCIA, MENOS NO PRINCIPAL: NO POLICIAL MILITAR.

    OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO PRECISAM SER MAIS VALORIZADOS.

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (está R$ 815,22 abaixo do referido piso). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A VIDA DE MILITAR ESTADUAL É COMPLICADA (o risco é grande e o salário é insuficiente). Em menos de três meses, 8 policiais foram baleados em comunidades “pacificadas”!

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)?


    OS POLICIAIS MILITARES DO RIO DE JANEIRO RECEBEM "O PIOR SALÁRIO DO BRASIL"!!!

    http://www.youtube.com/watch?v=btMONXaYyuI&feature=player_embedded

    Dep Fed Maj Fabio (DEM-PB) fala algumas verdades ao Comandante Geral da PMERJ e Secretario de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

    http://www.sospoliciaismilitares.blogspot.com.br/2013/06/policiais-do-rio-o-pior-salario-do.html

    ResponderExcluir