quarta-feira, 10 de julho de 2013

BRASÍLIA - Deputados ampliam anistia a policiais e bombeiros grevistas

Benefício atende profissionais da área de segurança que  participaram de atos entre 1997 e 2011

A Câmara dos Deputados aprovou neta terça-feira (9), por votação simbólica, a ampliação da anistia a policiais militares e bombeiros que participaram de movimentos reivindicatórios e greves por melhores salários e condições de trabalho e de salário. A anistia compreende os fatos ocorridos entre 1997 e 2011.
De acordo com o texto, serão beneficiados os policiais e bombeiros dos estados de Alagoas, da Bahia, do Ceará, de Goiás, do Maranhão, de Mato Grosso, Minas Gerais, da Paraíba, do Piauí, de Pernambuco, do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Norte, de Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e do Tocantins, além do Distrito Federal.
O texto, que agora seguirá para análise e votação do Senado, atualiza lei de 2011 que já havia concedido anistia a policiais militares e bombeiros de diversos estados. O projeto não estava previsto na pauta, mas foi incluído por acordo entre os líderes.

4 comentários:

  1. PMERJ / CBMERJ

    A PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO ("ASCENSÃO AUTOMÁTICA") TEM QUE ACABAR! OS CONCURSOS INTERNOS SERVEM PARA SEPARAR O JOIO DO TRIGO. O QUE O BOMBEIRO E O POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PRECISAM É DE UMA REMUNERAÇÃO DIGNA! UM DOS PRINCIPAIS FATORES DE ESTRESSE VIVENCIADOS PELOS MILITARES ESTADUAIS NO RIO DE JANEIRO É O SALÁRIO, CONSIDERADO INDIGNO E INJUSTO.

    A promoção de praças por tempo de serviço incentiva os Soldados a não se preocuparem em estudar, se aperfeiçoar e, assim, se manterem incompetentes em um debate com algum meliante de colarinho que tenham de prender. Não podemos compactuar com a preguiça, com o desinteresse pela cultura e pelo aperfeiçoamento profissional. Premiar a ignorância e o comodismo não é interessante para a PMERJ e nem para o CBMERJ, pois estas Corporações só perdem com isto. Perdem em qualidade, perdem em credibilidade e perdem em respeito! Profissionais medíocres não podem ser promovidos. A PMERJ e o CBMERJ são maiores que o interesse de alguns militares que, nos momentos de folga, preferiram trocar os bancos escolares pela cerveja e pelo churrasco, certos de que a desídia e o descompromisso consigo mesmo, com seu futuro, seriam premiados em algum momento, por leis oportunistas, independentemente das suas qualidades e habilidades. A premiação pela preguiça nivela a tropa por baixo! A desídia, a preguiça e o relaxo cultural deixam o PM e o BM desleixados, pois eles sabem que as "lagartinhas cairão do céu".

    Enquanto outras corporações lutam para que todos os seus membros tenham ou já ingressem com um curso superior completo, exatamente para poderem pleitear junto ao governo melhores salários e condições de trabalho, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro criam mecanismos que colocam seus integrantes à margem da sociedade. Os concursos internos para o CFS e o CFC são necessários. Chega de moleza, é preciso dignificar as funções dos Sargentos e dos Cabos, ninguém deve "ganhar" as divisas. Muito me preocupa como serão os Sargentos de amanhã. A última turma que realmente fez um Curso de Formação de Sargentos foi em 2006/2007. O Sargento é o elo de ligação entre o Comando e a Tropa! Os jurunas ostentam as divisas de Cabos e Sargentos, mas continuam Soldados. Para fortalecer a Corporação, será fundamental melhorar a qualidade de seus membros, ou seja, exigir qualificação dos seus integrantes. Promover todos os Soldados à Cabos não os qualifica, não os dignifica, não os torna mais compromissados com o serviço ou mais preocupados com os rumos da corporação. Premiar o preguiçoso, o desinteressado... não! Os Militares Estaduais precisam é de DIGNIDADE SALARIAL.

    A ascensão requer qualificação. A função de sargento, por exemplo, deveria ser exercida por um militar de nível superior completo e concursado (CFS). O progresso tem que ser diretamente proporcional à dedicação do profissional. O conhecimento tem que ser valorizado, ou seja, só quem estuda deve ser prestigiado com promoções. Nenhuma conquista pode ser automática, pois isto deixa a pessoa acomodada! A oportunidade de prestar concursos internos para ser promovido irá incentivar a tropa a se aperfeiçoar, aprimorar seus conhecimentos. Eu sou contra a promoção de praças por tempo de serviço porque trata-se de um mecanismo que nivela a tropa por baixo, prejudicando consideravelmente a qualidade dos serviços prestados pela Corporação! Promover todos os soldados à cabos e posteriormente à sargentos, sem concurso, enfraquece a hierarquia militar, que é a base da organização da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

    O DESPREPARO DO POLICIAL MILITAR É CONSEQUÊNCIA DE SUA ACOMODAÇÃO (FALTA DE QUALIFICAÇÃO).

    ResponderExcluir
  2. CORREIA

    O DESPREPARO DAS POLICIAS É CAUSADO PELO DESGOVERNO QUE INSISTE EM MANTER UMA SEGURANÇA BARATA PARA NEGÓCIOS ESCUSOS; PROMOVENDO O PLEONASMO E OXÍMORO NA POLICIA QUE DEVERIA PROTEGER O POVO.
    DESMILITARIZAÇÃO DA PM PROVAVELMENTE SERIA O IDEAL COM O INVESTIMENTO TÉCNICO ESPECÍFICO E ACADÊMICO INICIANDO A CARREIRA, NO FIM O INDIVÍDUO SAIRIA FORMADO BACHAREL EM LEIS; POIS É DISTO QUE ESTES PROFISSIONAIS NECESSITAM DENTRE OUTRAS CAPACITAÇÕES ESPECÍFICAS.


    TÁ COM MEDO DE QUE E DE QUEM, QUEM É VOCÊ COMENTARISTA Anônimo 11 de julho de 2013 20:53 PMERJ / CBMERJ ( “O DESPREPARO DO POLICIAL MILITAR É CONSEQUÊNCIA DE SUA ACOMODAÇÃO (FALTA DE QUALIFICAÇÃO)”).

    ( POLICIAIS FEDERAIS PROTESTAM NO RIO CONTRA CORRUPÇÃO — A PF não é só feita de delegados. Eles são 15% do corpo de funcionários. “TEMOS AGENTES ALTAMENTE CAPACITADOS, MAS HÁ UMA FUGA DE TALENTOS” porque muitas vezes é difícil fazer investigações profundas e amplas. )

    DISCURSO IDEAL E DEVERIA SER IDENTIFICADO, POIS DEMOSTRA QUALIFICAÇÃO - Anônimo14 de julho de 2013 00:59 - NO RIO DE JANEIRO, OS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA NÃO SÃO TRATADOS DIGNAMENTE

    ResponderExcluir
  3. Cabral: 'Atos de vandalismo são afronta ao estado democrático de direito'

    Ele só não tem resposta quando perguntam porque ele excluiu bombeiros e policiais que participaram de movimentos reivindicatórios por melhores salários e condições de trabalho, e mais, TODO ATO SEM VANDALISMO.

    Responde ai Senhor Cabral

    ResponderExcluir
  4. Ai, galera, desde 1998 Cabo PMMG , Diniz ,excluído de forma sórdida e obscura e, é claro ilegal ,sem exames médicos físicos/psicológicos ,regulamentares , de acordo com à lei , com a alegação da corporação que pedi baixa , isso sem nenhum documento arquivado nos arquivos de guarda permanente da Corporação ,sem acompanhamento de advogado...,escrivi uma carta dizendo se não retornassem com todos excluídos ilegalmente por causa dos movimentos grevista que poderiam me excluir também ...Tudo isso com todos excluídos e já estou no terceiro processo judicial , pois , dizem que prescreveu...o ato administrativo inexistente, brincadeira!!! ,mas é a real , agora depois de todas essas anistias, incluindo à de 2013 , que nossa querida mineira e conterrânea : Presidenta Dilma Roouseff , sancionou. O Governador e o Ouvidor-Geral de Polícia determinaram à ALMG, verificar meu caso... , o fato é estou quase arruinador...sofrendo e chorando por quase todos esses anos...por favor não me abandonem... e se não consegui administrativamente vou entrar com uma ação de solicitação de anistia apoiado pela Defensoria Pública de Minas Gerais e, Direitos Humanos, ainda bem que alguém parece que vai me ajudar... ,mas devo continuar esperando... , mesmo com todo esse sofrimento me orgulho de ser um cidadão honesto e livre...Um grande abraço à todos policiais, homens e mulheres e bom serviço.

    ResponderExcluir