sexta-feira, 26 de julho de 2013

Cabral tem pior avaliação entre governadores

Alvo de constantes protestos nas proximidades de sua casa e no momento em que o Estado recebe a visita do Papa Francisco, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), é o chefe de Executivo estadual tem a pior avaliação em todas as perguntas feitas na pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira pela entidade.

7 comentários:

  1. Se o governador Sérgio Cabral valorizasse os servidores públicos estaduais, com certeza ele não teria a pior avaliação entre os governadores em todas as perguntas feitas na pesquisa CNI/Ibope!

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (está R$ 815,22 abaixo do referido piso). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A VIDA DE MILITAR ESTADUAL É COMPLICADA (o risco é grande e o salário é insuficiente).

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)?

    OBS: DINHEIRO PARA PAGAR BEM O GOVERNO DO ESTADO TEM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SÓ 12% APROVAM GOVERNO SÉRGIO CABRAL (ATUAL GESTÃO É REPROVADA POR 88%)!!

      O governador Sérgio Cabral tem apenas 12% de aprovação dos moradores do estado do RJ. A informação faz parte da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) encomendada ao Ibope, divulgada nesta quinta-feira(25). Este é o menor índice verificado entre 11 governadores levantados pela pesquisa. A pesquisa foi realizada entre 9 e 12 de julho.

      Excluir
  2. SERGIO CABRAL, VAI TOMAR NO CÚ, PILANTRA, VICIADO, COVARDE, DEMÔNIO. QUERO QUE VOCÊ VÁ PRO INFERNO! DESGRAÇADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. O SERGIO CABRAL TEM ODIO DA PM , POR ISSO ELE DETERMINOU AO CMT GERAL DA PMERJ QUE EXCLUA OS PRAÇAS MESMO QUE SEJA POR SUSPEITAS., COM ISSO O ERIR RIBEIRO ESQUECEU QUE ELE É UM PM E SEMPRE SERÁ PM, OS SEUS FILHOS SEMPRE SERÃO FILHOS DE UM PM E A SUA ESPOSA SEMPRE SERÁ ESPOSA DE UM PM. UMA VEZ PM SEMPRE SERÁ PM!!!!

    ResponderExcluir
  4. o comandante geral está pra rodar, o pior é que duas cobras estão sendo cogitadas para substituirem o seu lugar, o chefe do estado maior eo das UPPS. coitados de nós, que DEUS ESTEJA DO NOSSO LADO, POIS OS NOSSOS CORONÉIS NUNCA ESTARÃO. SAI UM DRAGÃO. PARA ENTRAR UMA SERPENTE,.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O comando é função do posto e constitui uma prerrogativa impessoal na qual se define e caracteriza o Chefe.

      Liderar é inspirar pessoas. Essa é a máxima que deveria guiar o caminho de todos aqueles que alcançam um posto de líder.

      E qualquer profissional que esteja construindo uma carreira de sucesso sabe que chegará a hora em que vai precisar comandar uma equipe.

      É preciso estar preparado para quando esse momento chegar, pois quando se dá poder a uma pessoa é que ela mostra sua real capacidade.

      Excluir
  5. "VAZA CABRAL"

    São Paulo tem manifestação contra Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho, governador do Estado do Rio de Janeiro, no início da noite desta sexta-feira (26/07/2013). Mais de 400 (quatrocentos) manifestantes mostraram cartazes e faixas com críticas ao desgoverno do Rio!

    ResponderExcluir