quarta-feira, 3 de julho de 2013

Preso chora e é repreendido por comparsa

Uma troca de tiros entre policiais e traficantes na comunidade Vila Vintém, em Padre Miguel, na zona norte do Rio, terminou com três suspeitos mortos baleados e dois presos. Na chegada à delegacia, Alexandro Celestino da Silva chorou e foi repreendido pelo comparsa, Leandro Michel Alves.
— Ih, tá chorando negão. Que vacilo, se controla.
A dupla, que, segundo a polícia, participava da venda de drogas na região, portava rádios transmissores no momento da prisão. Três suspeitos atingidos no tiroteio chegaram a ser encaminhados para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, mas não resistiram aos ferimentos.
A operação foi planejada depois que policiais do Batalhão de Bangu receberam a denúncia sobre o esconderijo de traficantes na Vila Vintém. Um fuzil e duas pistolas foram apreendidos, além de papolotes de cocaína.

Nenhum comentário:

Postar um comentário